Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 27 de Novembro de 2021

Sidrolandia

Governo e municípios discutem políticas de promoção da igualdade racial em Sidrolândia

A I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Sidrolândia conta com a participação de representantes do Movimento Negro de Mato Grosso do Sul

Tereza da Penha / Jean Carlo

16 de Julho de 2013 - 16:26

Programas de ação afirmativa em prol das políticas públicas destinadas a reparar as distorções e desigualdades sociais, cotas raciais e lei 10.639/2003 - que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas Redes Públicas e Particulares da educação nacional, são algumas das temáticas que estão sendo discutidas hoje (16), na I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Sidrolândia.

A Coordenadora Especial de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial (Cppir), da Secretaria de Estado de Governo (Segov), Raimunda Luzia de Brito, participa do evento, que teve inicia às 8 horas, com a presença do prefeito de Sidrolândia, Ari Basso e da secretária Municipal de Assistência Social do município, Joana Marques de Almeida Michalski. A programação vai até às 17 horas desta terça-feira (16), no Centro de Múltiplo Uso da Secretaria de assistência Social, Rua Paraná Nº 1884 ao lado da Secretaria Municipal de Assistência Social.

De acordo com a Secretária Municipal de Assistência Social de Joana Michalski, que está promovendo a Conferência, com a participação de representantes do município de Nova Alvorada do Sul, durante o encontro serão discutidos eixos temáticos sobre as diretrizes e prioridades de políticas de promoção da igualdade racial, com apresentação de grupos de trabalhos.

“Para nós de Sidrolândia, a realização do evento está sendo um avanço muito grande. Principalmente no que diz respeito à cultura afro-brasileira, que obtemos pouco conhecimento através da escola, e muitas vezes de forma não real. Através das palestras, aqui, a gente vê que a realidade é outra. E discutir a questão da cor, bem como da discriminação racial é muito importante”, enfatizou Joana Michalski.

A Coordenadora Especial de Políticas para a Promoção da Igualdade Racial Raimunda de Brito, falou sobre os avanços e as ações do governo estadual em prol das políticas sociais voltadas para as comunidades quilombolas de Mato Grosso do Sul, que atualmente totalizam 21, sendo todas reconhecidas (como quilombo) pela Fundação Cultural Palmares.

A I Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Sidrolândia conta com a participação de representantes do Movimento Negro de Mato Grosso do Sul, sendo eles palestrantes do evento: Vânia Lúcia Baptista Duarte, coordenadora do Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro de Mato Grosso do Sul e Marlene de Aguiar Justino, delegada da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul.

Indígenas

O encontro também conta com a participação de representante da Coordenadoria Municipal da Mulher do município de Nova Alvorada do Sul e representantes das comunidades indígenas das etnias Terena e Atikum da região.

 Durante a etapa municipal, serão eleitos quatros delegados, sendo dois de Sidrolândia e dois de Nova Alvorada do Sul para participarem III Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial de Mato Grosso do Sul, que está marcada para acontecer nos dias 14, 15 e 16 de agosto de 2013, no Hotel Chácara do Lago (Rua Bom Retiro, 1090 - Chácara das Mansões), em Campo Grande.

Etapa estadual

A III Conferência Estadual de Promoção da Igualdade Racial de Mato Grosso do Sul tem por objetivos reafirmar e ampliar o compromisso governamental e da sociedade civil com políticas de enfrentamento ao racismo e de promoção da igualdade como fatores essenciais à democraciaplena e ao desenvolvimento com justiça social.