Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 22 de Setembro de 2021

Sidrolandia

Governo vai licitar em outubro conclusão de centro de treinamento com obras paradas desde 2005

Como contrapartida pelo uso e pela gestão, as Federações terão que oferecer de forma gratuita, esporte para a população com uma frequência semanal

Flávio Paes/Região News

31 de Agosto de 2013 - 09:10

O Governo do Estado já lançou licitação e pretende iniciar em outubro as obras de conclusão do Centro de Treinamento de Alto Rendimento na região da Vila Almeida, que estão paradas desde 2005.  Serão investidos R$ 1,56 milhão, sendo R$ 1 milhão obtidos junto ao Ministério dos Esportes e R$ 566 mil de contrapartida estadual. 

O Complexo, que contará com quadras em tamanho oficial e padrão internacional, terá uso será exclusivo para as Federações que desejam treinar seus atletas para competições. Conforme o diretor-presidente da Fundação de Desportos e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Flávio Britto, o Estado não conta com nenhum tipo de complexo para o treinamento dos atletas que têm potencial olímpico. “A ideia é fechar uma lacuna que existe em Mato Grosso do Sul. Não temos um CT com uma boa quadra e estrutura para o treinamento de atletas de alto rendimento”, afirma.

Brito destaca ainda que a estrutura, quando pronta, poderá abrigar várias modalidades de esporte para que diversas Federações façam com que o espaço se torne multidisciplinar. “Lá poderão ser instalados tatames, ringues de boxe, áreas para lutas, fazendo com que atletas de diferentes modalidades possam ter em Mato Grosso do Sul uma área de treinamento, dando mais condição esportista e para o desenvolvimento do esporte no estado”.

 O modelo de gestão adotado para o Centro de Treinamento será compartilhado com as Federações que se mostrarem interessadas. “Já existe diálogo com algumas federações que se interessam em administrar o local junto com o Estado. Vale destacar que isso não significa que o CT será para uso exclusivo desta Federação. O uso será compartilhado. Inclusive, as federações alegam que, ao terem um local de excelência disponível para o treino dos atletas, as Confederações já se mostram interessadas em investir no Mato Grosso do Sul”, reforçou.

Como contrapartida pelo uso e pela gestão, as Federações terão que oferecer de forma gratuita, esporte para a população com uma frequência semanal. “Os moradores do bairro e da cidade poderão fazer aulas de uma determinada modalidade no local, para que o esporte seja disseminado entre as crianças e a atividade esportiva cresça no Estado”.

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial da última quarta-feira (28) a abertura do processo de licitação para contratação de empresa para a conclusão das obras do CT da Vila Almeida. A abertura dos envelopes será realizada no dia 3 de outubro e após esta data, a empresa vencedora poderá executar a obra imediatamente.