Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 16 de Maio de 2021

Sidrolandia

Gravador de voz de avião que caiu em Paraty é encontrado, diz FAB

Investigadores ainda vão verificar se houve algum dano ao aparelho

O Globo

20 de Janeiro de 2017 - 13:49

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que foi encontrado nos destroços da aeronave que caiu em Paraty um gravador de voz da aeronave. O avião PR-SOM caiu no mar da cidade fluminense na tarde de quinta-feira, matando o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki e outras quatro pessoas.

Segundo a FAB, ainda não há informações sobre o estado do aparelho ou se ele sofreu algum dano com o acidente. É preciso ainda confirmar se o equipamento estava ligado e se teria gravado conversas do voo da tragédia.

A investigação das causas do acidente será conduzida por meio do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão da Aeronáutica. Uma equipe de sete militares já chegou ao local na noite dessa quinta e os trabalhos começaram nesta sexta-feira. Na fase inicial da investigação, farão as coletas de dados no local e análise dos destroços. A Polícia Federal e o Ministério Público Federal também vão investigar o caso.

Ainda de acordo com a FAB, o gravador será encaminhado para o Laboratório de Análise e Leitura de Dados de Gravadores de Voo (Labdata), que fica no Cenipa. Os demais destroços do avião serão encaminhados para análise no Rio.

Não há ainda informações sobre a existência ou não de um gravador de dados (caixa preta) na aeronave. Segundo as regras da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a aeronave não precisava ter o equipamento nem um gravador de voz para operar, devido a suas especificações.