Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 28 de Novembro de 2020

Sidrolandia

Índios estariam comprando armamento pesado no Paraguai

O índio Terena Rubens Ferreira de Oliveira foi outro a fazer na Assembleia um alerta sobre o risco de embate. “Já morreu muita gente”, disse

Diário MS

16 de Novembro de 2012 - 16:00

O Presidente da Associação Estadual dos Direitos Indígenas de Mato Grosso do Sul, o índio terena Danilo de Oliveira, fez um alerta sobre a possibilidade de um conflito armado entre produtores e índios.

Segundo ele, alguns índios estariam comprando armamento pesado no Paraguai para se preparar para o embate.

Danilo disse ainda existir a necessidade de alterar a Constituição Federal para permitir a compra de terras pela União para a questão fundiária indígena.

O índio Terena Rubens Ferreira de Oliveira foi outro a fazer na Assembleia um alerta sobre o risco de embate. “Já morreu muita gente”, disse.

Eles usaram a tribuna após solicitação do deputado Zé Teixeira (DEM).

Fazendeiro – Proprietário de uma fazenda ao lado da aldeia Buriti, em Sidrolândia, Ricardo Bacha fez um apelo para que a Polícia Federal investigue as denúncias de que os índios estão com armamento pesado vindo do Paraguai.

“Todos os dias há ameaças de invasão e morte na região”, afirmou.