Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 21 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Inscrições para o FAE poderão ser feitas até 28 de fevereiro

Deste total, 98 foram aprovados, compreendendo um valor total de R$ 250 mil e atendendo a 19 modalidades esportivas

Midiamax

04 de Fevereiro de 2011 - 10:35

Fundação Municipal de Esporte (Funesp) comunica aos desportistas de Campo Grande que estão abertas as inscrições para o FAE. As inscrições começaram no dia 15 de dezembro e serão encerradas em 28 de fevereiro. Em 2010, o FAE recebeu 301 projetos no valor total de R$ 2,4 milhões de 26 modalidades.

Deste total, 98 foram aprovados, compreendendo um valor total de R$ 250 mil e atendendo a 19 modalidades esportivas.

O Fundo de Apoio ao Esporte foi criado pela Lei Municipal 3.366 de 23/09/1997 e regularizada pelo decreto número 7.690 de 04 de agosto de 1.998, para dar apoio financeiro aos atletas e equipes de Campo Grande proporcionando-lhes, condições para melhoria do seu desempenho físico e técnico, buscando alcançar melhores resultados em competições internacionais, nacionais, regionais (Centro Oeste) e estaduais.

Aposta de grandes nomes e valorização do atleta do nosso Estado são alguns dos requisitos que o FAE (Fundo de Apoio ao Esporte) vem buscando a cada ano. O projeto contribui com a formação física, psicológica e técnica de crianças, adolescentes e adultos que sonham se tornar grandes estrelas no esporte.

Para o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), Carlos Alberto Assis, o projeto tem grande importância tanto para o atleta quanto para o Estado. “O FAE é o mais antigo e único mecanismo de apoio para atletas no Mato Grosso do Sul. Poder ajudar um atleta que leva o nome do nosso Estado para fora é muito gratificante, porque sabemos que o retorno será de grandes medalhas e reconhecimento em nível nacional. Isto é maravilhoso”, orgulha-se Assis.

O retorno e o reconhecimento podem ser vistos nos treze anos de existência do FAE. O projeto já revelou atletas campo-grandenses vencedores, como Soraia Dibo (Tae kwon do) e Ana Carolina Muniz (natação) que disputaram os Jogos Pan Americanos no Canadá; Marcelo Arruda (tênis), Igor Rocha (judô), Alessandra Polastrini (judô), João Bosco Costa (tênis), Milene Alves (natação), Allan Regis (Jiu-jitsu) e outros atletas que ajudaram a divulgar positivamente o nome de Campo Grande no cenário esportivo nacional e internacional.

Carlos Alberto reforça, ainda, que o FAE é uma das poucas leis de incentivo ao esporte que deu certo e completa 13 anos sem mudanças e cumprindo bem o seu papel: de fomentar o esporte.

Para que haja uma melhor análise dos projetos apresentados e decidir quais novos atletas serão beneficiados pelo Fundo, a Funesp conta com uma comissão gestora composta por sete membros, sendo dois representantes do município, quatro presidentes de federações e um representante da Federação da Indústria e Comércio de Mato Grosso do Sul, que analisa e aprova os projetos de acordo com o regulamento do FAE.

Preferencialmente, têm direito ao FAE atletas, equipes, clubes com sede no Município de Campo Grande devidamente filiados às respectivas federações representantes das modalidades que disputam, com resultados expressivos obtidos em competições internacionais, nacionais, regionais (Centro Oeste) e estaduais.

Como pode ser obtido este recurso financeiro - Os interessados deverão enviar os projetos através da respectiva Federação, por meio de ofício direcionado ao diretor-presidente do FAE obedecendo aos critérios estabelecidos pela comissão gestora. O endereço para entrega da documentação é avenida Paulo Machado, 663 – Santa Fé – Campo Grande/MS, das 7h às 11h e das 13h as 17h30.

Para mais informações os interessados devem entrar em contato pelo telefone 3314-3978 ou no site http://www.pmcg.ms.gov.br/funesp/fae.