Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 9 de Maio de 2021

Sidrolandia

Investigador é preso pela PF por suspeita de envolvimento com narcotráfico

Ele estava afastado do cargo.

Midiamax

30 de Novembro de 2016 - 09:28

O investigador da Policia Civil, José Adão Côrrea, foi preso nesta terça-feira (29) por agentes da Policia Federal, por suspeita de envolvimento com o narcotráfico, na cidade de Amambai distante 352 quilômetros de Campo Grande.

Ele foi preso em sua residência e a suspeita é de que o investigador tenha envolvimento com o narcotráfico. A descoberta foi feita após interceptações de ligações telefônicas, segundo o site A Gazeta News.

A investigação de acordo com a polícia é sobre o tráfico internacional de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. O mandado de prisão foi expedido pela Justiça Federal de Guaíra, no Paraná, sendo cumprido em Ponta Porã.

Ele deve ser levado para o Paraná. José Adão Côrrea, que estava lotado em Coronel Sapucaia estava afastado do cargo por denúncia do Ministério Público de improbidade administrativa. A acusação é de 2012, o policial e outros dois investigadores estariam se valendo da função para ‘ludibriarem terceiros de boa-fé’, segundo denúncia do ministério.

Outra parte do texto da denúncia do Ministério Público diz que os acusados “Transformaram a delegacia da Policia Civil, de Coronel Sapucaia, em um verdadeiro balcão de negócios escusos, aproveitando-se de quaisquer oportunidades para obterem ganhos ilícitos”.

José Adão Côrrea, foi preso em 2012 em cumprimento de mandados de prisão preventiva expedidos pelo Poder Judiciário da comarca de Amambai, em uma operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), em dezembro denominada “Nhu-Vera”. A época foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e 10 notificações para instrução do procedimento de investigação criminal.