Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 23 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Justiça nega pedido de Délia e garante eleição na Câmara de Dourados

Campo Grande News

11 de Fevereiro de 2011 - 18:00

Decisão de hoje do juiz José Domingues Filho, de Dourados, rejeitou o pedido da prefeita interina de Dourados para que fosse impedida a realização de nova eleição na Câmara de Vereadores da cidade, marcada para hoje à noite.

O juiz indefiriu o pedido e extinguiu o processo. O mandado de segurança havia sido protocolado ontem. A defesa de Délia baseava-se em decisão anterior, segundo a qual a eleição só poderia ser realizada após a posse do prefeito eleito, Murilo Zauith.

Com a negativa da Justiça, a eleição fica mantida. Apenas três vereadores estão habilitados a disputar o cargo de presidente da Câmara, o atual presidente, Dirceu Longhi, Gino Ferreira (DEM) e Idenor Machado (DEM).

Para evitar que o novo presidente da Câmara tenha de assumir a prefeitura antes do prefeito Murilo Zauith assuma o cargo, em substituição a Délia Razuk, que é hoje a presidente da Câmara, a posse do novo presidente da Casa de Leis foi marcada para o mesmo dia da do prefeito eleito, 23 de fevereiro.

Ainda assim, há controvérsias nacidade e até a informação de que Délia pode renunciar ao cargo, o que imporia a necessidade de mais um mandato tampão.