Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 22 de Abril de 2021

Sidrolandia

Justiça suspende concurso da Polícia Federal com 600 vagas

O autor do pedido ao qual a decisão atende foi o Ministério Público Federal (MPF). Ainda não há previsão para a retomada do processo seletivo

Correio do Estado

30 de Outubro de 2014 - 07:16

O concurso de agente da Polícia Federal, com 600 vagas e remunerações de R$ 7.514,33, foi suspenso na última segunda-feira (27). As inscrições para o certame ocorreram no período de 6 a 26 de outubro.

Segundo comunicado disponível no site da organizadora do concurso, Cespe UnB, “o concurso público para provimento de vagas no cargo de Agente de Polícia Federal está suspenso em cumprimento à decisão proferida nos autos da Ação Civil Pública n.º 2002.38.03.000070-8/1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Uberlândia/MG”.

O autor do pedido ao qual a decisão atende foi o Ministério Público Federal (MPF). O órgão alegou que apesar de o edital ter oportunidades reservadas para pessoas com deficiência, "na prática, frustra a concretização desse direito, uma vez que está explicito nas disposições que não haverá adaptação do exame de aptidão física, do exame médico, da avaliação psicológica ou do Curso de Formação Profissional às condições do candidato, com deficiência física ou não".

Dessa forma, a decisão da Justiça de Uberlândia determina uma série de mudanças no exame de aptidão física, no curso de formação profissional e no estágio probatório, entre outras alterações. Clique aqui para conferir a ação no site do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. 

Ainda não há previsão para a retomada do processo seletivo. Segundo o comunicado da organizadora, "novas informações referentes ao concurso serão divulgadas no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/dpf_14_agente em data oportuna".