Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 15 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Justiça suspende reintegração em área ocupada por índios terena há 35 dias

Os índios ocupam a propriedade rural desde o dia 30 de maio e, de acordo com o advogado, não há previsão para eles deixarem a área.

Campo Grande News

06 de Julho de 2013 - 07:39

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região suspendeu a reintegração de posse da Fazenda Esperança, localizada em Aquidauana, que foi ocupada por aproximadamente 800 índios da aldeia Ipegue-Taunay. O resultado que favoreceu os indígenas foi anunciada na noite desta sexta-feira (5), por volta das 19h.

Segundo o advogado dos indígenas, Luiz Henrique Eloy, a Funai (Fundação Nacional do Índio) entrou, na tarde de hoje, com pedido de suspensão de liminar para derrubar o pedido de reintegração de posse.

Os índios ocupam a propriedade rural desde o dia 30 de maio e, de acordo com o advogado, não há previsão para eles deixarem a área. Ainda na tarde de hoje, o proprietário da Fazenda Esperança, Nilton Carvalho, tinha uma audiência marcada com o procurador da República, Emerson Kalif, para tratar sobre a reintegração de posse. O prazo para saída havia vencido já há uma semana.

Ele queria que o MPF (Ministério Público Federal) intercedesse para que a comunidade indígena deixasse a propriedade sem que fosse necessário o uso da força física. O Campo Grande News tentou entrar em contato com o advogado do fazendeiro, Sérgio Muritiba, mas não teve retorno sobre o resultado da audiência.