Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 6 de Maio de 2021

Sidrolandia

LAR Cooperativa faz Dia Campo na Fazenda Capão Redondo e atrai 50 produtores

A iniciativa da LAR foi elogiada por produtores como Vilmar Rossato, que destacou a preocupação da cooperativa em sempre trazer tecnologia.

Flávio Paes/Região News

30 de Janeiro de 2017 - 14:37

Aproximadamente 50 produtores participaram no sábado do Dia de Campo promovido pela Lar Cooperativa Agroindustrial na Fazenda Capão Redondo, propriedade de 900 hectares a 15 quilômetros do perímetro urbano na saída para Nioaque. Eles observaram em in loco a evolução das diferentes variedades de sementes plantadas na área de experimentação, tomando conhecimento de detalhes como produtividade, controle de pragas.

A iniciativa da LAR foi elogiada por produtores como Vilmar Rossato, que destacou a preocupação da cooperativa em sempre trazer tecnologia com objetivo melhorar o rendimento da lavoura. O ponto é compartilhado pelo proprietário da Fazenda Capão Redondo, Delair Zanin, que não tem dúvida: o produtor que não acompanhar a evolução tecnológica estará fadado a ficar fora do mercado. 

Estes avanços dobraram a produtividade (de 30 para 60 sacas por hectares), mas houve também um reflexo nos custos de produção. “A produtividade dobrou, mas a lucratividade não cresceu na mesma proporção”, comenta.

Pelas contas de Vilmar Rossato, o Zeto, hoje a soja tem um custo médio de 35 sacas por hectares e chega a 45 sacas, para os arrendatários. “Com isto não sobra muita coisa em termos de lucro, aproximadamente 10% é o lucro do produtor”, calcula.

O gerente da unidade local da LAR, Roberto de Abreu, destacou que anualmente a cooperativa faz dois dias de campo (um de soja e outro de milho de safrinha), exatamente para oferecer ao produtor a oportunidade de conhecer novas tecnologias.

Foto: Reginaldo Mello/Região News

LAR Cooperativa faz Dia Campo na Fazenda Capão Redondo e atrai 50 produtores

Gerente da unidade local da LAR, Roberto de Abreu.