Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 18 de Julho de 2024

Sidrolandia

Longen anuncia estudos para Senai atender demandas de Aparecida do Taboado

O presidente da Fiems reuniu-se ontem quarta-feira com o prefeito André Alves Ferreira e empresários do município

Daniel Pedra/Região News

02 de Setembro de 2010 - 07:41

Longen anuncia estudos para Senai atender demandas de Aparecida do Taboado
Longen anuncia estudos para Senai atender demandas da ind - Foto: Daniel Pedra

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, anunciou ontem quarta-feira (01/09), durante reunião com o prefeito André Alves Ferreira e empresários, o início de estudos para o Senai atender as demandas da indústrias instaladas no município. “Nos próximos dias, vamos enviar uma equipe para avaliar as demandas das indústrias instaladas em Aparecida do Taboado, pois é preciso que as indústrias adotem um modelo de formação pautado na educação básica, por meio da EJA (Educação de Jovens e Adultos) oferecida pelo Sesi, e na educação profissional, por meio dos cursos profissionalizantes disponibilizados pelo Senai, para aproveitar a mão-de-obra existente nos municípios onde elas estão inseridas”, disse.

Sérgio Longen declarou que sabe da dificuldade que a cidade enfrenta em relação à falta de mão-de-obra qualificada para atender as demandas das indústrias da região e reforçou que se trata de um problema enfrentado hoje em vários Estados/> brasileiros devido ao desinteresse das pessoas e à dificuldade de flexibilização de horários. "Muitos não se interessam em fazer um curso profissionalizante se não for remunerado para tanto e outros não conseguem conciliar jornada de trabalho com um curso técnico", explicou, completando que o crescimento de Aparecida do Taboado não se deve apenas aos incentivos fiscais disponibilizados pelo Governo do Estado e Prefeitura, mas pelo potencial da região. "É preciso mais que incentivos fiscais para atrair uma indústria e o município de Aparecida do Taboado possui as principais características atrativas para um empresa se instalar, que são a localização e a logística”, analisou.

Já o prefeito André Alves Ferreira destacou a imediata necessidade do município em firmar parceria com o Senai e solicitou ao presidente da Fiems que essa parceria seja consolidada o quanto antes. “Vamos aguarda a vinda da  equipe técnica do Senai para a nossa cidade para que ela possa traçar um plano de ação efetivo para atender a demanda da classe empresarial industrial de Aparecida do Taboado”, declarou durante reunião que também teve a participação do vice-presidente de finanças da CNA, Ademar da Silva Júnior, e do superintendente do Sebrae-MS, Cláudio George Mendonça.

Empresários

Para Ademar Júnior, que já foi presidente do Sindicato Rural de Aparecida do Taboado por três mandatos, é chegada a hora de aproveitar o momento histórico que a cidade vive atualmente. “Temos de levar em consideração o potencial do município para que possamos continuar contribuindo para o desenvolvimento do Estado”, frisou. Segundo Cláudio Mendonça, a parceria entre a Prefeitura e a Fiems vai valorizar o setor industrial do município e contribuir com o seu desenvolvimento de forma que a população seja a maior beneficiada. “Com a qualificação profissional, o trabalhador passa a ser melhor remunerado”, ressaltou.

Também participaram da reunião o diretor-presidente da Reflore, Luis Calvo Ramires Júnior, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Aparecida do Taboado, Denílson Pereira Zeechi, os diretores e representantes das empresas Dânica, Pais & Filhos, Alpha e Tip Toe instaladas no município, secretários municipais e vereadores. Para Julio Armstrong, diretor da Dânica, que emprega atualmente 200 funcionários, será de grande valia a presença do Senai no município. Ele acrescenta que a empresa possui metas bastante ousada com um futuro muito promissor e precisa desse apoio do Sistema Fiems.

“Para projetar esse crescimento futuro, estamos abertos a colaborar com este processo de qualificação, colocando o nosso parque fabril, salas de reuniões e equipamentos à disposição. Entendemos que esse problema de falta de mão-de-obra qualificada precisa ser solucionado a curto prazo para que o desenvolvimento ocorra de fato”, avaliou Julio Armstrong. Após a reunião, todos foram visita o distrito industrial do município, onde conheceram a fábrica da Pais & Filhos, que gera 400 empregos diretos em Aparecida do Taboado.

Seminário

Em Aparecida do Taboado, o presidente da Fiems também prestigiou a abertura do 1º Seminário Plantar Florestas é um Bom Negócio em MS, que tem por objetivo chamar a atenção para o crescimento e desenvolvimento da cultura do eucalipto e da seringueira no Estado. Na ocasião, Sérgio Longen destacou que o crescimento industrial do Estado está em franca expansão com 9,3 mil indústrias implantadas e 111,8 mil trabalhadores contratados. “Este crescimento é fruto de parcerias”, pontuou, acrescentando que as indústrias Portucel e Eldorado deverão ser, em breve, instaladas no Estado, o que demandará a geração de novos empregos. “Nós temos feito o possível e impossível para investir na qualificação profissional”, explicou.

Ele ainda falou das conquistas do Sistema Fiems nos últimos anos, destacando a desmistificação do FCO. “Foi difícil, mas conseguimos. Estabilizamos prazos para a liberação do FCO e no ano passado foi disponibilizado R$ 800 milhões para investimento no setor empresarial industrial. Para este ano, estão orçados R$ 1,2 bilhão para a mesma finalidade”, apontou, ressaltando a implantação do “Programa Cidadania Ativa”, que leva serviços nas áreas de saúde, educação, lazer e cidadania para os municípios do interior do Estado, e o Projeto Cine Sesi Cultural, que vai contemplar 14 municípios com cinema de graça, incluindo Aparecida do Taboado. “A população da cidade vão receber cinema gratuitamente com direito a tapete vermelho e pipoca”, lembrou.