Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 22 de Julho de 2024

Sidrolandia

Mãe de Eliza Samudio quer pedir pensão ao goleiro Bruno

Na última semana, a Justiça decidiu dar a guarda provisória a ela , porque o pai, Luis Carlos Samudio responde a processo de estupro contra uma menina de 10 anos

O globo

12 de Julho de 2010 - 14:10

A mãe de Eliza Samudio, Sônia Fátima Moura, disse, na manhã desta segunda-feira, no programa "Mais Você", da TV Globo, que pensa em pedir a pensão ao goleiro Bruno. Na última sexta-feira, no entanto, ela declarou que não pretendia pedir dinheiro ao jogador, porque tem condição de criar o neto. Na última semana, a Justiça decidiu dar a guarda provisória a ela , porque o pai, Luis Carlos Samudio responde a processo de estupro contra uma menina de 10 anos. Sônia disse que, caso o neto seja mesmo filho de Bruno e tenha direito à pensão, ela pensa em depositar o dinheiro em uma poupança. Segundo a mãe de Eliza, futuramente a criança pode usar o dinheiro em seus estudos.

- Ele tem esse direito, não é? - disse ela, referindo-se ao neto.

Sônia contou ainda que está vivendo uma correria com a chegada do bebê:

- Normalmente, a mulher tem nove meses pra se preparar. Eu não tive isso, e agora é uma correria. É fralda, mamadeira e, com a chegada dele, foi uma loucura. Mas é gostoso - contou Sônia ao "Mais Você".

Ela disse ainda que saiu de casa, deixando Eliza ainda pequena com o pai, porque o marido era agressivo.

- Foi por esse motivo. Ele agredia não só a mim, como a mãe dele. Naquela época, ninguém levava isso a sério e não adiantava denunciar - revelou.

Na avaliação dela, Bruno é um monstro:

- Nem um animal faz isso. São pessoas desprovidas de sentimentos. A minha filha era um ser humano e não merecia morrer dessa forma - disse, chorando.

Na sexta-feira, Sônia dissera que não vai mudar o nome da criança - registrada como Bruno - porque esta foi uma escolha da filha que pretende respeitar. O bebê completou cinco meses no último sábado.