Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 8 de Março de 2021

Sidrolandia

Mais dois corpos são encontrados em barco-hotel que naufragou em Porto Murtinho

As buscas pelas vítimas começaram logo após o acidente, na tarde de quarta-feira (24), foram suspensas à noite e retomadas às 5h30 desta quinta-feira

Com informações do G1-MS

25 de Setembro de 2014 - 17:13

Mergulhadores das equipes de resgate encontraram, no início da tarde desta quinta-feira (25), mais dois corpos de vítimas que estavam no barco-hotel que naufragou no rio Paraguai, em Porto Murtinho. Os corpos foram encontrados depois que as equipes de busca localizaram o barco-hotel. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas ainda não foram identificadas. Onze pessoas continuam desaparecidas.

A prefeitura municipal disse ao G1 que os cadáveres foram encontrados dentro do barco-hotel, na região onde ocorreu o naufrágio, e foram levados pela Polícia Civil e equipes de perícia.

As buscas pelas vítimas começaram logo após o acidente, na tarde de quarta-feira (24), foram suspensas à noite e retomadas às 5h30 desta quinta-feira. O primeiro corpo a ser encontrado foi de Sidinei Romano, 34 anos, segundo a Polícia Civil. Ele era de Sabáudia, no norte do Paraná. O corpo estava sem roupa quando foi resgatado.

O barco-hotel naufragou próximo ao local onde atracaria no Paraguai. Os turistas que estavam a bordo embarcaram na última sexta-feira (19) para turismo de pesca.

Cerca de 50 pessoas ajudam nos trabalhos de resgate em uma ação que envolve Marinha, Exército, Corpo de Bombeiros e policias Civil e Militar. Familiares das vítimas, que são do interior do Paraná, chegaram à Porto Murtinho pela manhã e acompanham os trabalhos de resgate.

Acidente
O naufrágio ocorreu por volta das 17h30 (de MS), quando ventos chegaram a 93 km por hora no município. Segundo boletim de ocorrência da Polícia Civil, o barco-hotel se chamava "Sonho do Pantanal". A embarcação é de nacionalidade paraguaia e estava levando 16 turistas brasileiros e 11 tripulantes paraguaios. Cinco turistas e oito tripulantes se salvaram.