Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 24 de Janeiro de 2022

Sidrolandia

Mais uma propriedade rural é invadida em Iguatemi

Segundo o arrendatário Marcos Roberto Weber, por volta das 13 horas funcionários informaram que os indígenas haviam entrado na propriedade e acampado no local.

Famasul

18 de Outubro de 2013 - 07:31

Por volta do meio dia desta quinta-feira (17), cerca de 15 indígenas da etnia Guarani-Kaiowá invadiram o Sítio São Marcos, em Iguatemi. Na propriedade, de 155 hectares, são produzidos soja e outros grãos.

Segundo o arrendatário Marcos Roberto Weber, por volta das 13 horas funcionários informaram que os indígenas haviam entrado na propriedade e acampado no local. Ao chegar na área, Weber constatou que havia cerca de 15 pessoas, sendo duas crianças, moradores da aldeia Porto Lindo, vizinha à propriedade. Os indígenas portavam armas brancas, como facões. Segundo o produtor, os invasores exigiram a presença da Fundação Nacional do Índio (Funai).

Nesta sexta-feira (18), a Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Sistema Famasul) vai se reunir com produtores rurais da região de Iguatemi para tratar das invasões indígenas na região. O encontro ocorre às 10 horas, na sede do Sindicato Rural do município.

Esta é a 71° propriedade rural invadida por indígenas em Mato Grosso do Sul. Apesar do acordo firmado entre indígenas e produtores rurais em junho deste ano com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de cessar as invasões para que uma solução concreta fosse apresentada pelo Governo Federal, 15 novas áreas privadas foram tomadas desde então.