Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 15 de Maio de 2021

Sidrolandia

Marca diz que acionará justiça e provará que inseto não estava na comida

Situação será investigada internamente.

Midiamax

28 de Dezembro de 2016 - 17:00

A proprietária do Mistura Grill, - restaurante do Shopping Norte Sul que foi alvo de polêmica nesta semana, quando um cliente postou no grupo do Facebook Aonde Não Ir em Campo Grande, ter encontrado uma barata em um purê de batatas servido pelo estabelecimento-, afirmou à reportagem do Jornal Midiamax que está em conversa com advogado para provar que o inseto não estava na comida antes do consumidor ter acesso a ela. 

"Mandei a fotografia e as filmagens para fazer análise, e se o moço estiver errado, com certeza ele vai ter que pagar pelo erro dele, porque essa barata não saiu lá da loja, isso é uma certeza que não tem como contestar. Então se essa barata não saiu lá da loja, de algum jeito ela entrou naquele purê, e não fomos nós", afirmou Gabrielle Raposeira Vargas.

A situação foi reportada pelo Midiamax no dia 25 de dezembro, e nesta terça-feira (27), a Vigilância Sanitária visitou o restaurante e não encontrou irregularidades. De acordo com Mônica Tischer, chefe do Serviço de Fiscalização de Alimentos da Vigilância Sanitária, divisão ligada à Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o restaurante atende todas as exigências legais para o funcionamento e apresenta boas condições de higiene, além de que a licença sanitária do estabelecimento tem validade até Agosto de 2017, quando vence o prazo de um ano da concessão e quando o documento deverá ser renovado.

"Minhas funcionárias são treinadas para serem sérias e trabalhadoras, para trabalhar com seriedade. Estão sempre uniformizadas. Nós temos todo tipo de cuidado com tudo. Isso que aconteceu foi uma injustiça muito grande. Nós trabalhamos corretamente", alegou a proprietária. Ela disse que qualquer cliente pode visitar o espaço onde os alimentos são manuseados. "A cozinha está aberta para todo mundo, este é um direito do cliente. E garanto que não existe nenhum restaurante mais limpo que o meu. A gente vai fazer todo o possível para provar que não saiu de dentro da loja, nós temos como provar que não saiu", disse. "Foi uma 'sacanagem' muito grande que fizeram com a empresa", lamentou.

O consumidor disse à reportagem do Jornal Midiamax que não foi procurado pela marca, não recebeu qualquer tipo de pedido de desculpas ou qualquer sinalização de resolver o caso amigavelmente. Na ocasião, o restaurante devolveu o dinheiro da refeição a ele. O post continua sendo comentado no grupo do Facebook e a nota divulgada pela empresa no dia 26 de dezembro se referiu ao caso como "falaciosa versão apresentada".

Sobre as câmeras disponíveis na Praça de Alimentação do Shopping, a assessoria de imprensa do Norte Sul Plaza afirmou que as imagens do circuito de segurança do Shopping são de uso exclusivo do departamento, e elas são liberadas quando solicitadas para investigação pela delegacia de polícia ou judicialmente.

Entenda o caso

Um cliente do restaurante Mistura Grill usou as redes sociais para denunciar que teria encontrado uma barata num purê de batatas na última sexta-feira (23). A denúncia foi feita no grupo 'Aonde Não Ir Em Campo Grande', no Facebook. Na imagem registrada e divulgada pelo jovem, é possível ver a barata retirada do pote com purê de batatas, mas ainda assim, segundo o cliente, o restaurante tentou argumentar. “É uma barata germânica, em fase adulta, já trabalhei alguns anos no ramo de controles de pragas”. Depois de falar com os funcionários, ele teve o valor da refeição ressarcido.

Ainda inconformado com o desprezo do atendimento, ele criticou. "A gerente me devolveu o valor do prato e não olhou na minha cara, nem para se desculpar". Revoltado, o consumidor fez um alerta à outros clientes. “Nunca mais volto lá. Fica o alerta, é revoltante um estabelecimento não oferecer as mínimas condições de higiene”.

Nessa segunda-feira (26), o restaurante enviou à reportagem do Jornal Midiamax uma nota sobre o ocorrido, afirmando que "estão sendo tomadas as medidas legais para a apuração dos fatos descritos".