Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

Marido viaja a trabalho e amigos encontram mulher morta em casa dois dias depois

Não havia sinais de luta corporal ou de arrombamento na casa, de acordo com a polícia. O caso foi registrado na Depac.

Midiamax

06 de Novembro de 2015 - 09:27

Na noite de quinta-feira (5), Linaete Flora dos Santos, de 58 anos, foi encontrada morta na casa onde morava com o marido, na Rua Jacutinga, no Bairro Morada Verde, região norte da Capital. Ela estava sozinha na casa desde terça-feira (3) e foi encontrada por um casal de amigos, caída no banheiro.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o marido de Linaete, com quem convivia há 7 anos, viajou na manhã de terça-feira para ir até uma fazenda em Sidrolândia, a 70 quilômetros da Capital, a trabalho. Ele informou à polícia que saiu de casa por volta das 5 horas e, na noite de quinta-feira, recebeu ligação de amigos que informaram sobre a morte da mulher.

Ainda de acordo com o registro policial, o casal de amigos contou que sentiu falta de Linaete e foi até a casa para encontrá-la. Quando chegaram, o portão estava encostado e a janela da cozinha aberta. A mulher, de 58 anos, foi encontrada já morta, caída no chão do banheiro e com sangramento no rosto.

Equipes da Polícia Civil, Militar e Perícia estiveram no local. Segundo a Perícia, a mulher já estava morta há mais de um dia. Em verificação, foi constatado que Linaete conversou com uma amiga, pelo celular, na noite de terça-feira e, depois disso, não teve contato com mais ninguém. De acordo com o marido da vítima, ela era hipertensa, fazia uso de medicamentos, e nos últimos dias tinha reclamado de dores no peito e arritmia

Não havia sinais de luta corporal ou de arrombamento na casa, de acordo com a polícia. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro como morte a esclarecer.