Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Médico contratado pela CPI da Saúde é demitido por diretor do Hospital Regional

A decisão, publicada no Diário Oficial do Estado, diz que o médico passou por uma comissão processante

Midiamax

07 de Março de 2014 - 16:47

O médico Ronaldo de Souza Costa, que apareceu como um dos contratados pela CPI da Saúde da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, foi demitido nesta sexta-feira (7) pelo diretor do Hospital Regional, Rodrigo de Paula Aquino.

A decisão, publicada no Diário Oficial do Estado, diz que o médico passou por uma comissão processante e teve a demissão indicada no relatório final. O médico teria infringido três artigos da Lei n° 1.102/90, que trata sobre o Estatuto dos Funcionários Públicos Civis do Poder Executivo, das Autarquias e das Fundações Públicas do Estado de Mato Grosso do Sul.

Ronaldo Costa não teria registrado o ponto de trabalho e também foi constatado pela comissão que ele acumulava cargos de maneira ilícita. A decisão é baseada no Processo Administrativo Disciplinar n.º 27/100.689/2013. Durante os trabalhos da CPI da Saúde, Ronaldo Costa teria recebido R$ 5.729,97 por trabalhos não especificados pelo relatório.

O médico não atendeu as ligações da reportagem para comentar sobre a demissão. Ontem, o governador André Puccinelli contestou a contratação do médico, que recebe aposentadorias por invalidez e, mesmo assim, foi contratado pela CPI da Saúde e é funcionário do Hospital Regional.