Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 27 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Menina que nasceu na estrada morre por má formação do coração

O corpo foi enterrado no final da tarde de ontem no cemitério Central de Coxim

Edição MS

13 de Dezembro de 2010 - 09:38

Com apenas 20 dias de vida, a pequena Ingrid morreu por conta de uma má formação no coração, foi o que apontou a necropsia realizada na criança. A morte da menina aconteceu por volta das 6 horas deste domingo (12), no bairro Senhor Divino, em Coxim.

A família relata que acionou o Corpo de Bombeiros, mas a criança já estava sem sinais vitais. Os bombeiros tentaram reanimar a criança até o Hospital Regional Álvaro Fontoura, mas ela não reagiu.

O corpo foi enterrado no final da tarde de ontem no cemitério Central de Coxim.

Segundo a mãe, uma adolescente de 16 anos, a menina começou a passar mal no sábado (12). Por volta das 18 horas, mãe e filha chegaram ao Hospital Regional. O atendimento médico aconteceu às 22 horas.

De acordo com a mãe, a criança foi superficialmente examinada, em seguida o médico receitou uma injeção e um remédio para cortar a febre. “Depois que ela tomou a injeção nós viemos embora”, contou a mãe.

A avó materna, Ivone Gláucia da Costa Moreira, de 41 anos, relata que a menina passou a noite inquieta. “Ela só acalmava quando eu colocava a mão no seu peito, mas se tirasse começava a chorar”, explicou Ivone, antes de saber a causa morte da neta.

A menina nasceu na estrada, no último dia 22, a caminho de Coxim. A mãe mora na fazenda Caeté, região do Alves Planalto, onde entrou em trabalho de parto.

O Corpo de Bombeiros foi ao encontro do veículo que trazia a adolescente para Coxim. Mas, quando a equipe chegou nas redondezas da fazenda Ponta do Taquari a criança já havia nascido dentro da camionete.

Restou aos bombeiros auxiliar mãe e filha e encaminhar para o Hospital Regional. A gestante estava acompanhada do marido, Mateus Brasil da Silva, de 26 anos, e da mãe, Ivone Gláucia da Costa Moreira, de 41 anos.