Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Moradores fecham túnel em protesto

Dourados Agora

04 de Janeiro de 2011 - 16:35

Moradores protestaram na manhã desta terça-feira e fecharam o túnel que liga o Parque das Nações I ao II. O motivo está ligado a problemas graves na obra, entregue a menos de 10 meses a comunidade. Segundo eles, em épocas de chuva os alagamentos chegam a 1 metro de altura, o que além de bloquear a passagem causam acidentes.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores do Parque das Nações I, Demétrios Cavalcante, na semana passada mais de 25 mil famílias de 12 bairros adjacentes ficaram isoladas. “Um condutor praticamente perdeu o carro e as mercadorias que havia comprado porque o veículo ficou submerso a água da chuva que ficou concentrada no túnel. Foi algo desesperador. O morador teve que ser socorrido pelos bombeiros”, destaca.

Segundo ele, o bairro já contabiliza 40 acidentes deste que a obra foi entregue, acerca de 10 meses. “A escuridão e falta de sinalização também contribuem para as fatalidades. O motociclista por exemplo se depara com uma descida brusca e sem iluminação. Quem não está acostumado, acaba caindo e se ferindo”, observa.

O morador Mateus dos Santos, que também é coordenador da Patrulha Mirin de Dourados, diz que o sofrimento da comunidade é grande. “Ficamos isolados de tudo mesmo. Não entra e nem sai ninguém. Temos medo de algum morador precisar ser hospitalizado e não conseguir deixar o bairro por causa do túnel mal projetado”, destaca.

Segundo ele, além de estreito, a obra não conta com escoamento de água suficiente. “Nem precisa ser engenheiro para saber que as bocas de lobo deveriam ser maiores em tamanho e número. Além disso, toda a lama das enxurradas que ficam concentradas no meio do túnel entopem as poucas bocas-de-lobo que estão no local. Duas delas já são cheias constantemente com água de uma mina que está por baixo da obra, sendo praticamente sufocada com a lama”, reclama.

Conforme Mateus, o bairro todo está abandonado. “Faltam limpezas e obras de tapa-buracos. Não sabemos mais a quem recorrer”, disse.

DENIT

Procurado pelo Douradosagora o supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Denit), Carlos Milhorim, disse que não há problema com a obra entregue. Ele atribui os alagamentos a falta de bocas-de-lobo espelhadas pelo bairro. “Sem local adequado, toda a água acaba descendo e chegando ao túnel. O problema já foi levado ao conhecimento da prefeitura, responsável por este tipo de serviço”, disse.

PREFEITURA

O secretário de Obras de Dourados, Tahan Mustafa, disse ao Douradosagora que a responsabilidade dos supostos problemas na obra devem ser atribuídos a empreiteira do Denit, responsável pela execução das obras no local. Segundo Tahan, mesmo assim, a prefeitura está empenhada em detectar as falhas e buscar uma maneira de solucionar o problema.
Os moradores iniciaram o protesto por volta das 8h. às 11h queimaram pneus e foram aconselhados e se retiraram logo após a chegada da Polícia Militar.