Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Motociclista morto tinha 2 filhos e bebeu 2 vezes antes de pegar BR 060

De acordo com o registro policial, a esposa de Jucimar, Ramona Aparecida Aguilheira, 21, identificou-o. Ela contou que ontem o motociclista ingeriu bebida alcoólica

Campo Grande News

18 de Agosto de 2014 - 15:59

Foi identificado como Jucimar da Silva França, 24 anos, o motociclista que morreu no final da tarde de ontem (17) ao colidir com uma caminhonete Hilux, na BR-060 na saída de Campo Grande para Sidrolândia. Ele não possuia CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e deixou dois filhos.

De acordo com o registro policial, a esposa de Jucimar, Ramona Aparecida Aguilheira, 21, identificou-o. Ela contou que ontem o motociclista ingeriu bebida alcoólica e se dirigiu a Sidrolândia para visitar parentes.

Por volta das 18h30, ela ligou para a tia do marido, identificada como Marli, que disse que Juciamar havia bebido e teria voltado para Campo Grande. Ramona ligou novamente para Marli, por volta das 2h, pois ele ainda não teria chegado em casa.

Às 6h30 da manhã, Ramona escutou em uma rádio de Sidrolândia sobre o acidente e se dirigiu para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) de Campo Grande e reconheceu o namorado. Jucimar possui dois filhos com Ramona, com quem morava há seis anos. Segundo a namorada, a vítima não possuía CNH.

O motorista contou à polícia que ainda tentou desviar, mas a moto colidiu de frente com a caminhonete. O motociclista morreu no local e não estava com documentos, o que impossibilitou a identificação da vítima. Até agora, a Polícia Civil espera parentes do motociclista para reconhecimento.

O motorista da caminhonete Hilux, foi identificado somente como Orlando. Osvaldir Colombo Júnior é investigador da Polícia Civil e não possui relação com o acidente.