Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Motorista perde controle e camioneta entre em residência em Paranhos

Jaime Mel/Região News

26 de Janeiro de 2011 - 20:49

Motorista perde controle e camioneta entre em residência em Paranhos
Motorista perde controle e camioneta entre em resid - Foto: Jaime Mel/Regi

O Condutor de uma camionete S-10 placas HRI 9813 de Paranhos, Celso Ribeiro da Luz, quando retornava de uma Viagem de Rondônia na noite do último domingo (23/01) por voltas das 23h00min ao chegar à entrada do município perdeu o controle da camionete vindo a colidir em uma cerca e acabou invadindo uma residência parando na cozinha da mesma.

No momento do acidente estava na casa somente uma senhora que assustou como com o barulho. “Há um minuto antes do acidente eu estava na cozinha, saí até a porta da sala para verificar um barulho que cachorros e gatos faziam na rua quando der repente ouvi outro barulho muito maior, parecia que estava acabando o mundo.” Comentou a senhora que não quis se identificar.

Segundo Celso, a falta de energia na cidade e falta de uma rotatória ou redutor de velocidade na entrada da cidade contribuíram para o ocorrido, havia um prenúncio de chuva, ventava e trovejava muito no momento e como sempre estava faltando energia.

No ano passado o governador André Puccinelli entregou o asfalto da MS/295, diga-se de passagem, foi uma das maiores obras do município, porém até mesmo os mais leigos no assunto são capazes de observar um grande erro de engenharia: No final da rodovia onde começa a cidade, não foi feito nada, nenhuma rotatória, redutor de velocidades, o que dificulta muito os motoristas quando chegam a Paranhos até mesmo de dia.

A bancada de vereadores do PMDB já havia alertado a prefeitura, sobre as possibilidades de acidentes acontecerem no local: “Nós vereadores da bancada do PMDB já havíamos pedido ao prefeito Municipal para que faça no mínimo um quebra-molas naquele local, alguma coisa tem que ser feito, caso contrário, outros acidentes acontecerão, graças a Deus neste caso não houve gravidades.” Comentou Donizete Viáro, presidente da Câmara.