Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 20 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

MS é o quarto em denúncias sobre desrespeito aos direitos humanos

Os primeiros na lista são o Rio Grande do Norte, com 87,58 denúncias a cada 50 mil habitantes e o Amazonas (79,74).

Campo Grande News

11 de Dezembro de 2012 - 12:00

Mato Grosso do Sul é o quarto estado num ranking nacional sobre o número de denúncias por habitante envolvendo de violações de direitos humanos. No Estado, são 62,31 denúncias a cada 50 mil habitantes, conforme dados divulgados ontem pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

O Distrito Federal está na liderança do ranking de denúncias por habitante – foram 92 denúncias a cada 50 mil habitantes. Ao todo, houve 4.729 notificações na capital federal de janeiro a novembro deste ano.

Os primeiros na lista são o Rio Grande do Norte, com 87,58 denúncias a cada 50 mil habitantes e o Amazonas (79,74).

O levantamento divulgado revela que o Amapá é o estado em que mais aumentaram as denúncias de violações de direitos humanos. De janeiro a novembro, o Disque 100, números ondem podem ser feitas as denúncias, recebeu no Amapá 428 denúncias desse tipo, o que representa aumento de 153% na comparação com o mesmo período de 2011 (169 registros).

Em seguida, aparecem o Acre, com aumento de 129%, ao passar de 367 para 842 denúncias, e o Distrito Federal (120%), onde os registros subiram de 2.151 para 4.729.

Para a ministra Maria do Rosário, chefe da Secretaria de Direitos Humanos, o aumento das denúncias em estados do Norte ocorreu porque havia uma subnotificação dos casos em anos anteriores. “Fizemos um trabalho focado para os estados do Norte, e esse aumento pode estar relacionado à intensificação do trabalho de divulgação [do serviço Disque 100] e às parcerias com os governos estaduais e a sociedade civil. A tendência é que tenhamos um equilíbrio entre as regiões”, disse Maria do Rosário.

(Com informações da Agência Brasil)