Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 15 de Outubro de 2021

Sidrolandia

MS Forte com investimento de R$ 1,2 bilhão será lançado em 15 de agosto

Com o asfaltamento de mais 1.000 km, o Estado terá completado a pavimentação de 2 mil km na gestão Puccinelli, totalizando 5.300 km de asfalto.

Campo Grande News

29 de Julho de 2013 - 09:54

O Governo do Estado vai lançar o 3º Programa MS Forte no dia 15 de agosto. Nesta nova edição, a projeção indica investimentos de R$ 1,2 bilhão, sendo que deste total R$ 100,6 milhões já estão disponibilizados na conta do Estado, conforme o governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), na manhã desta segunda-feira.

O peemedebista disse que existe um plano de trabalho antecipado para entregar ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico) que envolve a construção de laboratórios para faculdades estaduais, como o curso de Medicina da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e a construção do hospital regional em Três Lagoas, reforma de unidades de saúde e obras de pavimentação.

Na terceira parte do projeto, MS Forte III, está incluso o investimento de R$ 62,9 milhões na ligação asfáltica entre os municípios de Chapadão do Sul e Paraíso das Águas. A pavimentação nesta rodovia será dividida em duas partes. A primeira terá uma extensão de 23,8 km entre as cidades com investimento de R$ 33 milhões. Já na segunda situação, a pavimentação será realizada dentro do município de Chapadão, em uma extensão de 24,1 km. Neste trecho serão gastos cerca de R$ 29,9 milhões. As obras terão um prazo de 270 dias de execução.

O novo pacote de obras, com maior volume destinado ao setor de transporte, prevê, ainda, o asfaltamento de mais 1.000 quilômetros de rodovias e a recuperação de 3.300 quilômetros de asfalto antigo. Dentro do programa está a duplicação das BRs 163, 262 e 267, além da implantação da ferrovia que irá ligar o Estado aos portos do sul do País.

Com o asfaltamento de mais 1.000 km, o Estado terá completado a pavimentação de 2 mil km na gestão Puccinelli, totalizando 5.300 km de asfalto. “Nosso objetivo é aumentar a produção de riquezas no Estado para que sejam arrecadados mais tributos”, explicou André.

Antecipação – Ao Campo Grande News, o secretário Estadual de Obras, deputado federal licenciado Edson Giroto (PMDB), disse que embora o lançamento do programa esteja prevista para 15 de agosto, algumas obras já estão em andamento. Como por exemplo, as rodovias MS-112, que liga Inocência a Cassilândia; a MS-040, que une Santa Rita do Pardo a Campo Grande; a MS-162, de Dois Irmãos do Buriti a Quebra Coco (Sidrolândia); a MS-274, ligando Deodápolis a Porto Vilma, no mesmo município; e a MS-430, que une São Gabriel a Rio Negro, entre outras.