Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 26 de Outubro de 2020

Sidrolandia

MST/MS denúncia atuação de milícias em propriedade próxima a Nova Andradina

Nossa maior preocupação são com as famílias, homens, mulheres e crianças de bem que estão acampadas nesta área

Assessoria

22 de Janeiro de 2014 - 16:29

O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) vem por meio desta nota pública denunciar a atuação de “milícias”, seguranças fortemente armados, identificados como funcionários da empresa Servitel, que estão atuando para intimidar, coagir e ameaçar trabalhadores rurais Sem Terra, no acampamento que fica as margens das fazendas conhecidas como Furnas e Corgo Fundo, localizadas em Nova Andradina.

Nossa maior preocupação são com as famílias, homens, mulheres e crianças de bem que estão acampadas nesta área, se sentindo ameaçadas e inseguras, à espera de suas terras, já que o Incra vistoriou as fazendas e as mesmas foram consideradas improdutivas.

No dia 21 de janeiro dirigentes do MST estiveram na sede do INCRA/MS e formalizaram a denúncia para o superintendente adjunto, Celso Menezes e para o ouvidor agrário, Sidney Almeida e agora estamos no aguardo das providências que serão tomadas pelo órgão.

Nossa luta pela Reforma Agrária não será vencida pela intimidação nunca, por isso vamos continuar denunciando e exigindo justiça por parte dos órgãos competentes, pois empresa alguma tem autorização para ameaçar famílias com um armamento de grosso calibre como pode ser comprovado pelas fotos tiradas pelos próprios acampados do Movimento.