Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 22 de Julho de 2024

Sidrolandia

Mulher de deputado Onevan perde mandato e Câmara de Navirai empossa o suplente

A vereadora foi condenada por causa do crime de desacato a autoridade do promotor de Justiça Amílcar Carneiro Junior.

Midiamax

08 de Julho de 2010 - 08:55

http://www.midiamax.com.br/arquivos3/1154620285.jpg

A Câmara Municipal de Navirai convocou uma sessão extraordinária para as 10h da próxima segunda-feira para oficializar a destituição da vereadora Leila Mattos (PDT). No lugar da vereadora que é esposa do deputado estadual Onevan de Mattos será empossado o advogado Antônio Carlos Klein.

A sessão foi convocada pelo presidente da Câmara, José Odair Gallo (PDT) atendendo a uma determinação do juiz Eduardo Magrinelli Junior. A vereadora foi condenada por causa do crime de desacato a autoridade do promotor de Justiça Amílcar Carneiro Junior.

Conforme os autos em 19 de março de 2002 por volta das 15h o promotor Amílcar Carneiro foi desacatado pela vereadora que lhe chamou de “ignorante, arbitrário, funcionariozinho da Prefeitura”. Neste dia o promotor chegou ao Cartório Eleitoral de Navirai para apurar crime eleitoral relacionado a transferência de domicílios eleitorais.

Leila Mattos disse que estava falando ao telefone com o seu marido e que estaria providenciando a transferência do promotor para outra comarca. Consta no processo que a vereadora “colocou de forma rude” o telefone celular no rosto do promotor “que ficou vermelho”.

O STF (Supremo Tribunal Federal) confirmou a sentença do juiz federal de Navirai Jatir Pietroforte Lopes Vargas. A vereadora foi condenada a 13 meses de detenção em regime aberto além da perda dos seus direitos políticos.