Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Mulheres e idosos lideram estatísticas do IBGE em MS

Elas chegam, em média, aos 78 anos contra 71 para eles. Em média, o sul-mato-grossense vive até em torno dos 74 anos

Dourados Agora

19 de Setembro de 2014 - 15:52

Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD/2013), aponta que a população de Mato Grosso do Sul ultrapassa 2,6 milhões dos quais mais da metade é mulher (50,3%), ou seja, há 15,7 mil mulheres a mais que os homens. Na penúltima pesquisa do IBGE, em 2010, o Estado tinha uma população de 2,4 milhões de habitantes o que significa que em quatro anos, cresceu 6,5%.

No Mato Grosso do Sul, segundo a pesquisa, mulheres têm maior expectativa de vida que os homens. Elas chegam, em média, aos 78 anos contra 71 para eles. Em média, o sul-mato-grossense vive até em torno dos 74 anos.

Quando à moradia, apenas 11% vivem na zona rural contra 89% nas cidades. Quanto à faixa etária, pessoas entre 20 e 24 anos e 30 a 34 anos empatam em número e representam, cada, 8,4% da população. Na sequência aparece os jovens com idades entre 15 e 19 anos (8,1%) e de 25 a 29 anos (8%). A população infantil de MS, de 0 a 4 anos, e de 5 a 9 anos é de 7,6% cada; entre 10 e 14 (7,9%). Pessoas a partir dos 60 anos representam 11.8% do total.

Entre a população residente em Mato Grosso do Sul, segundo a pesquisa, 73,6% é natural do Estado e 26,4% vieram de fora. Ainda em relação à residência, a pesquisa indica que 52,3% da população é residente no município em que nasceu e 47,7%, procedente de outras cidades. Quanto à raça, 47% se declararam de cor parda, 46,2%, branca, e 5,6% de raça negra e 52 mil da raça amarela.

A pesquisa também revela os índices de pessoas economicamente ativas, que passa dos 66%, dos quais 35% com carteira assinada, 10% de militares e os demais em outras funções públicas, ou privadas.