Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 18 de Maio de 2021

Sidrolandia

No ano passado, 4,4 mil crianças de MS passaram a ‘existir’ com 8 anos ou mais

No ano passado, nasceram 845 crianças gêmeas, trigêmeas ou quadrigêmeas em Mato Grosso do Sul – 1,91% dos nascimentos 10º maior percentual do Brasil

Campo Grande News

24 de Novembro de 2016 - 13:27

Das 50.360 crianças que nasceram em 2015, 6.145 foram registradas tardiamente, sendo que 4.453 só passaram a “existir” quando já tinham 8 anos ou mais. Conforme as estatísticas de registros civis, divulgadas nesta quinta-feira (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, este é o número de pessoas que nasceram em 2007, ou antes, mas só foram registradas em 2015.

Também sobre nascimentos, o IBGE divulgou que a maior parte dos nascidos no ano passada era menina – 22.645 das 44.215 crianças que vieram ao mundo em 2015. A maior parte das mães tem entre 20 e 29 anos – 51,1% –, mas 463 crianças são filhas de adolescentes com menos de 15 anos e 40 de mulheres que tinham entre 45 e 49 anos.

No ano passado, nasceram 845 crianças gêmeas, trigêmeas ou quadrigêmeas em Mato Grosso do Sul – 1,91% dos nascimentos 10º maior percentual do Brasil. Março foi o mês com maior número mulheres que deram à luz – foram 4.296 crianças nascidas.