Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 25 de Outubro de 2021

Sidrolandia

No ranking estadual, salário do professor de Sidrolândia é só o 30º

Da Redação

08 de Abril de 2011 - 10:25

Levantamento da Fetems – Federação dos Trabalhadores em Educação - mostra que o salário dos professores municipais de  Sidrolândia  é só o 30º num ranking estadual do magistério entre os 78 municípios de Mato Grosso do Sul. 

O professor com licenciatura plena dá aula em dois períodos, com jornada de 44 horas semanais, recebe R$ 1.300,78 (sendo 15%, R$ 169,66 de regência), enquanto o professor da rede estadual, com a mesma qualificação (40% de regência), ganha R$ 1.856,29), uma diferença de 24%, com 40 horas de jornada de trabalho de 40 horas.  No caso dos professores estaduais o salário pode chegar para os profissionais em final de carreira, com mestrado, pode chegar a R$ 4,9 mil.

No ranking estadual das redes municipais de ensino, o professor com maior remuneração é o de Cassilândia, que com 25% de regência ganha R$ 1.903,37. Na Capital, este mesmo profissional recebe R$ 1.864,26. Outro diferencial, desfavorável ao magistério sidrolandense é a gratificação por regência que é de 15%.   Campo Grande paga 50%; Fatima do Sul, 60%.