Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 17 de Maio de 2022

Sidrolandia

Nova Alvorada do Sul comemora 24 anos nesta terça-feira

Com 19.656 habitantes, o município tem o 13º maior PIB do Estado, por conta de sua forte ligação com usinas de cana-de-açúcar e a fábrica de alimentos Dallas

Hasta Comunicação

27 de Outubro de 2015 - 07:53

Nova Alvorada do Sul, uma das cidades mais “jovens” do Estado de Mato Grosso do Sul, completa 24 anos de emancipação política. Por muito tempo a cidade foi conhecida como “O Entrocamento”, por ser a rota, por meio da BR 267 e BR 163, de caminhos que ligam Campo Grande com a região da Grande Dourados, Países do Mercosul, Região do Pantanal e aos Estados fronteiriços.

Com 19.656 habitantes, o município tem o 13º maior PIB do Estado, por conta de sua forte ligação com usinas de cana-de-açúcar e a fábrica de alimentos Dallas, além da atividade agropecuária.

Na cidade há uma diversidade cultural de pessoas e produtos que circulam pela municipalidade, sendo tanto em produtos para compra e venda como conhecimentos, costumes, tradições, modos de vida e experiências que de certa forma estão ajudando a construir a história do novalvoradense. A lei que determinou a criação do município foi assinada pelo governador Pedro Pedrossian em 26 de outubro de 1991, originando o apelido de “cidade jovem”.

O prefeito Juvenal Neto, que também é presidente da Assomasul (Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul), e sua equipe de trabalho não mediram esforços e organizaram extensa agenda de eventos que incluiu a 1ª Festa do Macarrão. O tema foi escolhido por conta da cidade ter a maior indústria de macarrão do Estado e emprega mais de mil pessoas com empregos diretos e indiretos.

O prefeito anunciou o desfile cívico com a participação das escolas, dos comerciantes, sindicato rural, pelas ruas da cidade. Como parte de aniversario, a praça Central de Nova Alvorada recebeu nova iluminação pública no valor de R$ 500 mil, paga com verba municipal.

Nova Alvorada do Sul hoje é uma cidade próspera, com diversas culturas, trazendo várias realidades sociais e econômicas. O projeto proporcionará a melhoria da qualidade de vida dos moradores, a valorização urbana e o crescimento sustentável da cidade como um todo. O Município já foi conhecido por sua tradicional festa do Leite e agora também pela Festa do Macarrão, que irá entrar no calendário cultural e gastronômico do Estado de Mato Grosso do Sul.