Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 19 de Abril de 2021

Sidrolandia

Novos policiais civis contratados pelo Estado começam a atuar em dezembro

Devem ser contempladas as cidades de Nova Andradina, Anaurilândia, Angélica, Ivinhema e Batayporã

Nova News

10 de Novembro de 2014 - 07:57

Contratados pelo Governo do Estado, através do Concurso de Provas e Títulos da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, os 393 novos investigadores, escrivães, peritos papiloscopistas e peritos criminais estão concluindo o curso de formação, onde ingressaram já nomeados e devem começar a trabalhar já no início do mês de dezembro. É o que garante o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Wantuir Jacini, que acompanhou as últimas provas dos policiais.

Na Acadepol/MS (Academia de Polícia Civil Delegado Júlio César da Fonte Nogueira), o secretário pediu aos novos policiais que tenham amor à profissão, dedicação ao trabalho e zelo para com a sociedade, que é a quem eles irão servir. “O grande diferencial de qualquer profissional, principalmente do policial, é falar menos, ouvir mais e ser persistente, pois, para chegar ao resultado desejado é preciso insistir incansavelmente”, destacou Jacini.

Conforme o edital de abertura, entre as cidades contempladas com os novos policiais está Nova Andradina, tanto para a Delegacia Regional quanto para a 1º Delegacia de Polícia e a Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) e ainda os municípios de Anaurilândia; Angélica; Ivinhema e Batayporã.

Atento as orientações do secretário, João Benevenuto, um dos 95 novos escrivães contratados pelo Governo do Estado, diz que na Acadepol aprendeu tudo sobre rotinas cartorárias e funcionamento de uma Delegacia de Polícia Civil. “Estou preparado para desempenhar a função e ansioso para iniciar o meu trabalho”, afirma o escrivão.

De acordo com o diretor da Acadepol/MS, delegado Waldir Carlos Ide, os concluintes do curso de formação que esta semana realizaram as últimas provas, e foram avaliados no tiro, são policiais de bom nível, que receberam a formação adequada e estão preparados para se destacar dentro da instituição e perante a sociedade. “Acreditamos que prestarão um ótimo serviço à comunidade sul-mato-grossense”, garante o delegado Waldir Ide.

As provas de tiro que encerram no sábado (8), foram acompanhados de perto também pelo Delegado-Geral da Polícia Civil, Jorge Razanauskas Neto e pelos diretores de departamento da Delegacia Geral da Polícia Civil (DGPC).

Mais efetivo

Como parte do programa MS Forte 2 Segurança do Governo do Estado, que tem como uma das metas o aumento do efetivo policial do Estado, outros 149 policiais civis serão convocados para o curso de formação na Academia de Polícia Civil Delegado Júlio César da Fonte Nogueira (Acadepol/MS), até o final deste mês, segundo o secretário Wantuir Jacini.

“Além desses 393 policiais civis que estão se formando agora, teremos ainda, mais 149 investigadores, escrivães, peritos papiloscopistas e peritos criminais que ingressam na academia já em dezembro, totalizando assim 542 novos policiais que o Governo do Estado entrega, para servir e proteger a população” finaliza o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública. (Os dados são da Polícia Civil).