Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 26 de Maio de 2022

Sidrolandia

Obras de duplicação das BRs 262 e 267 começam em 2016

Conforme já publicado no Correio do Estado, no dia 25 de janeiro de 2016 serão entregues os estudos de viabilidade que garantem as composições dos projetos

Correio do Estado

04 de Novembro de 2015 - 10:22

As obras de duplicação das rodovias federais BR-262 e BR-267 podem ter início em 2016. A Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Kátia Abreu, presente no lançamento da Pedra Fundamental do segundo complexo de celulose da Fibria, Horizonte 2, em Três Lagoas - a 338 Km a leste de Campo Grande - afirmou que ao encontro dos novos investimentos industriais previstos para a região, o governo incluiu rodovias do Mato Grosso do Sul e parte da Linha Férrea na próxima fase do Programa de Investimento em Logística (PIL). 

Conforme já publicado no Correio do Estado, no dia 25 de janeiro de 2016 serão entregues os estudos de viabilidade que garantem as composições dos projetos. No caso da BR-262, a ministra ressalta que há 29 propostas de concessão para sua duplicação. Essa rodovia possui 327 km de extensão e terá investimento de R$ 2,5 bilhões. As obras serão para duplicar a ligação entre Campo Grande e Três Lagoas, na divisa com São Paulo e reduzir custos para o escoamento da produção agropecuária pelos portos do Arco Sul.

Já a BR-267 tem extensão total de 249 km e até então o investimento estimado é de R$ 2 bilhões. O objetivo é duplicar a rodovia, que liga Bataguassu (leste de MS) a Porto Murtinho (sul) e também reduzir custos para o escoamento da produção agropecuária.