Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 19 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Parceria pode garantir brigada de incêndio em Sidrolândia

Marcos Tomé/Região News

10 de Fevereiro de 2011 - 09:18

Parceria pode garantir brigada de incêndio em Sidrolândia
Parceria pode garantir brigada de inc - Foto: Marcos Tom

A instalação de uma brigada de incêndio em Sidrolândia, medida emergencial até que a cidade tenha uma guarnição definitiva do Corpo de Bombeiros, depende apenas de uma parceria com a prefeitura e o Governo do Estado. O presidente da Câmara, Jean Narazeth (PT), garantiu em nome dos vereadores que o Legislativo está disposto a dar sua contribuição devolvendo recursos ao Executivo para custear a adaptação de um caminhão tanque para funcionar como viatura de primeiros socorros.

As condições para que a cidade seja atendida nesta reivindicação foram apresentadas pelo comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Ociel Ortiz, num encontro agendado pelo deputado estadual Márcio Monteiro (PSDB), que teve a participação dos vereadores Di Cezar e Ilson Peres (PSDB) e  Antonio Galdino (PDT).

A necessidade de uma unidade dos bombeiros em Sidrolândia ganhou força depois do incêndio que destruiu no final do ano passado as instalações do Nutrishopping, o maior centro comercial da cidade, quando só uma hora depois da propagação das chamas, os bombeiros chegaram de Campo Grande. A brigada de incêndio seria uma medida provisória, já sugerida pelo vereador Di Cezar para intervir em situações de emergências.

O coronel Ortiz garantiu que esta estrutura só dependerá de parceria com a Prefeitura. O município oferece  um local, cede funcionários que os bombeiros vão treinar. A falta  da viatura para esta brigada também pode ser resolvida.

O deputado Marcio Monteiro se comprometeu  interceder junto à Receita Federal para garantir a cedência  de um caminhão apreendido em Sidrolândia transportando droga que está há muito nos pátios da delegacia enquanto o processo judicial não termina para ser vendido em leilão.  Neste ponto é que a Câmara pode contribuir com seus recursos para adaptação do veículo em viatura de primeiros socorros. Para isto, seria necessário instalar um motor estacionário.

“Com boa vontade e espírito público podemos garantir esta brigada, num primeiro momento, para alcançar o passo seguinte, que é a guarnição dos bombeiros”, comenta o vereador Di Cezar. Ele lembra que Caarapó, cidade praticamente com metade da população de Sidrolândia, já tem seu quartel de bombeiros. A contrapartida do município foi apenas a doação do terreno.

Guarnição dos bombeiros de Sidrolândia já está no planejamento do Estado

Sidrolândia é uma das cidades – junto com Nova Alvorada do Sul e Água Clara – incluídas no planejamento da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, de expansão das unidades do Corpo de Bombeiros. O anúncio foi feito pelo comandante da corporação, coronel Ociel Ortiz, ao receber em audiência uma delegação de vereadores de Sidrolândia num encontro intermediado pelo deputado Márcio Monteiro (PSDB).O projeto prevê a construção de um prédio de 594 metros quadrados/> numa área a ser doada pelo município, com custo estimado em R$ 800 mil.

Segundo o comandante Ociel a compra de equipamentos vai custar R$ 2 milhões envolvendo a compra de uma viatura de combate a incêndio, uma viatura de resgate UTI, outra de salvamento com barco e o quarto veículo para o trabalho de fiscalização. O efetivo mínimo é de 20 homens para garantir uma equipe diária de quatro bombeiros, em função da escala de plantão. 

Em relação ao efetivo, o coronel Ociel garantiu que não haverá dificuldades. Foram aprovados em concurso no final do ano passado 80 soldados que iniciarão o curso preparatório exatamente para atender as necessidades das quatro novas guarnições planejadas.  “Saio daqui otimista. Acredito que se houver interesse do Executivo, dando sua parcela de contribuição, nós vereadores, faremos nossa parte, aprovando o projeto do Executivo que autoriza a doação da área destinada aos bombeiros”, comentou o vereador Antonio Galdino (PDT).