Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 3 de Julho de 2022

Sidrolandia

Passou por Sidrolândia ciclista que percorre o mundo para superar perda da família

O jovem escolheu um rumo para a vida. Com apenas 16 anos decidiu conhecer lugares onde nunca sonhou visitar com a idéia de amenizar a dor que sentia.

Cid Pinheiro-Assessor de Comunicação

17 de Novembro de 2015 - 10:00

O ciclista Vinícius da Silva, de 30 anos, percorre o mundo em uma bicicleta e já passou por 17 países em apenas 18 anos. Vinicius chegou em Sidrolândia neste final de semana onde com apoio do Prefeito Ari Basso permaneceu até hoje, segunda feira, dia 16 de novembro. O Ciclista já iniciou viagem com destino a cidade de Bonito ultima cidade a ser visitada em Mato Grosso do Sul.
Tudo começou quando o ciclista Vinícius da Silva, de 30 anos, sofreu uma tragédia que matou toda a família no rio Itaquatiara, Amazonas. Na época, em 1999, o homem estava com apenas 13 anos. No acidente, morreram aproximadamente 50 pessoas. "Um botijão de gás explodiu na embarcação que eu viajava com minha família e somente eu sobrevivi. Fui encontrado 4 horas depois do acidente", conta.
Mesmo sendo tão novo na ocasião, Vinícius da Silva teve que recomeçar a vida e sozinho. O jovem escolheu um rumo para a vida. Com apenas 16 anos decidiu conhecer lugares onde nunca sonhou visitar com a idéia de amenizar a dor que sentia. Com isto, o ciclista viaja pelo mundo em uma bicicleta e já conheceu 17 países em 18 anos. O ciclista pedala 100 quilômetros por dia, somando 200 mil quilômetros rodados. Vinícius é conhecido como “aventureiro selvagem sem fronteiras”.
Sem patrocínio, o aventureiro vive de doações e ajuda de pessoas e Corpo de Bombeiros. O viajante já passou fome e, muitas vezes, precisou dormir com animais. "Sobrevivo de doações, não tenho dinheiro, mas sempre consigo o que comer e onde dormir. Algumas bicicletas quebraram, outras foram roubadas. Mas sempre consigo uma para continuar a viagem. Nunca tive apoio de governantes do meu estado nem do Brasil e não tenho nenhum patrocínio. Mas, sobrevivo como consigo", afirma. Nesta manhã, antes de iniciar sua ultima etapa no estado, Vinicius fez questão de ir na Prefeitura agradecer o apoio recebido do prefeito durante o final de semana.