Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 5 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Patrulha mecanizada é mais uma conquista dos produtores de Paranhos, diz prefeito

Moka e Vander acompanharam de perto o processo de análise dos recursos apresentados por Paranhos e mais três municípios e comemoraram a decisão do Ministério da Pesca.

Jaime Mel

26 de Agosto de 2013 - 08:44

O Prefeito Júlio Cesar de Souza (PDT), esta comemorando mais uma conquista do município, desta vez o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) divulgou uma portaria na qual consta Paranhos como sendo um dos municípios do MS contemplados com uma patrulha mecanizada composta por uma escavadeira hidráulica e um trator de esteira para apoio a fomento Aquicultura à familiar.

“Essa patrulha é uma luta que abraçamos desde o inicio de nosso mandato, pois temos cinco assentamentos e cinco aldeias indígenas com grande potencial para o desenvolvimento da aquicultura e agora recebo com alegria a noticia de que dentro de alguns dias estaremos recebendo esses maquinários, é imprescindível ressaltar o apoio da bancada federal do MS, em especial do Senador Moda (PMDB) e do deputado federal Vander Loubet (PT) por ter apresentado emendas junto a Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado.”

Moka e Vander acompanharam de perto o processo de análise dos recursos apresentados por Paranhos e mais três municípios e comemoraram a decisão do Ministério da Pesca. “O objetivo é sempre esse: garantir que o maior número possível de municípios do nosso estado seja contemplado com as ações do governo federal”, afirmou Vander.

Os equipamentos, avaliados em R$ 900 mil cada conjunto, vão ser utilizados na construção e adequação de viveiros e tanques para a produção de pescado. “Sempre valorizei muito esse tipo de investimento. É um dinheiro muito bem aplicado, valioso. Com pouco recurso, atende-se grande parcela de trabalhadores”, argumentou ainda o senador.

Já o deputado Vander destaca que essa e outras ações para desenvolver a piscicultura em Mato Grosso do Sul são necessárias para aumentar a produção e o consumo de pescado no estado. “Nosso país consome pouco peixe. São cerca de 9 quilos por habitante por ano enquanto que a média mundial é 16 quilos e o mínimo ideal são 12 quilos. E no nosso estado esse consumo é ainda menor: apenas 3 quilos por habitante por ano. Daí a importância de aumentar a produção, o que permitiria preços mais acessíveis à população e o prefeito de Paranhos Júlio Cesar percebeu a importância dessa atividade em seu município, abraçou a causa e hoje conquista esse benefício”, assinalou o deputado.