Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Segunda, 15 de Agosto de 2022

Sidrolandia

Pequenos produtores e AGRAER comemoram início das obras do Centro de Apoio a Agricultura Famíliar

A unidade auxiliará no desenvolvimento das atividades de distribuição dos produtos oriundos da agricultura familiar

Heloisa Trindade/Região News

16 de Setembro de 2015 - 16:53

Na tarde desta terça-feira, 15 de setembro, o prefeito Ari Basso, assinou a ordem de serviço para construção de uma Unidade de Apoio de Distribuição de Alimentos da Agricultura Familiar. A unidade auxiliará no desenvolvimento das atividades de distribuição dos produtos oriundos da agricultura familiar, local destinado a classificação, higienização, separação, “processamento” e acondicionamento e só então, levados ao consumidor.

“Com certeza será um incentivo para que surjam novos produtores. Isto vai facilitar a vida de quem produz no campo, além de agregar valor aos produtos contribuindo no processo da melhora da renda”, explica Daniel Antônio, técnico responsável pelo escritório local da AGRAER – Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural.

Daniel acredita que a unidade vai ajudar as famílias no controle de produção, gerenciamento do negócio, além de facilitar a distribuição destes alimentos. A unidade de apoio de Sidrolândia, muito contribuirá com os pequenos produtores do assentamento Vista Alegre, como é o caso do assentado Revalcir José Lopes dos Santos, de 52 anos.

Há mais de 15 anos, “Paranᔠcomo é conhecido, tem enfrentado as dificuldades de morar no campo. Atualmente preside a Associação Visão, que hoje agrega 16 produtores associados, sobrevive praticamente da produção de hortaliças entregue mensalmente ao programa de erradicação da fome, o Mesa Brasil.

O grupo de pequenos produtores entrega parte da produção há mais de três anos ao programa, que garante renda de até R$ 8 mil ano a cada produtor.  “Só com o Mesa Brasil garantimos um faturamento médio de R$ 10 mil mês”, relata Paraná, que acredita no fortalecimento da agricultura familiar com os investimentos na construção do “Mini-Ceasa” de Sidrolândia.

Rosa Marques, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, avaliou a construção da unidade de apoio como um avanço para a agricultura, além do incentivo as famílias que ainda não estão desenvolvendo nenhum tipo de cultura em suas parcelas. “Um sonho antigo dos agricultores que está sendo realizado. Desde 2004 sonhávamos com uma unidade de apoio a distribuição”, revela ao RN.