Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

PMA participa de curso de captura e contenção de animais silvestres em centros urbanos

O curso começou ontem pela manhã e será encerramento na sexta-feira (6) é desenvolvido no período matutino e vespertino.

Assessoria PMA

05 de Setembro de 2013 - 07:52

Policiais Militares Ambientais, Corpo de Bombeiros, Ibama, Defesa Civil, Guarda Municipal, Fundação de Meio Ambiente do Pantanal e Centro de Controle Zoonoses de Corumbá (MS) participam de curso de capacitação para captura e contenção de animais silvestres nos centros urbanos.

O evento apoiado pelo Ministério Público Estadual, Instituto Homem Pantaneiro, Centro Nacional de Pesquisas e Conservação de Maneiros Carnívoros, Embrapa Pantanal e outros órgãos está sendo realizado no Centro de Convenções Ramon Gómez, em Corumbá, distante 444 Km de Campo Grande-MS. O curso começou ontem pela manhã e será encerramento na sexta-feira (6) é desenvolvido no período matutino e vespertino.

O objetivo é aprimorar as organizações em relação à tomada de decisão e atuação em casos de ocorrência de animais de médio e grande porte em áreas urbanas. No caso do Pantanal, os animais entram nas cidades de Corumbá e Ladário, em razão, principalmente de grandes cheias do pantanal. Eles atravessam o rio Paraguai, também para fugir de incêndios e, ao procurarem novos abrigos/territórios acabam adentrando os perímetros urbanos.

As cidades de Corumbá e Ladário convivem com esta situação rotineiramente. Casos de felinos, tais como, onças-pintadas, onças-pardas, jaguatiricas são registrados, bem como várias outras espécies de mamíferos, além de aves.

Para a Polícia Militar Ambiental a questão envolve todos os municípios e este trabalho é realizado desde sua criação em 1987. Só na Capital os policiais militares ambientais recolhem em média cinco animais diariamente.