Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 5 de Dezembro de 2020

Sidrolandia

Polícia aguarda resultado de exame necroscópico para investigar morte de menina após injeção

De acordo com o delegado responsável do caso, Alexandro, a investigação segue e aguarda o resultado do pedido de exame de necropsia para saber a causa da morte

Midia Max

27 de Agosto de 2014 - 14:41

A polícia aguarda o resultado do exame necroscópico para constatar se a menina Samila Barbosa de Oliveira, de 5 anos, morreu após tomar uma injeção no sábado (23) na Santa Casa de Cassilândia.

De acordo com o delegado responsável do caso, Alexandro Mendes de Araújo, a investigação segue com diligências e aguarda o resultado do pedido de exame de necropsia para saber a causa da morte. “Por enquanto não podemos confirmar nada, por isso, pedimos o exame para apontar qual foi à causa da morte”, diz o delegado.

O caso

Samila Barbosa de Oliveira, de 5 anos, morreu no último sábado (23), após tomar uma injeção na Santa Casa de Cassilândia. A menina foi levada ao médico porque estava com dor na garganta, e depois de ser medicada, morreu nos braços da mãe.

A família abriu um boletim de ocorrência para apurar o caso. O delegado titular da Delegacia de Polícia Civil Rodrigo de Freitas confirma que o B.O. foi registrado como morte a esclarecer. Ele explica que a partir de agora, a polícia vai abrir o inquérito policial e investigar o que pode ter causado a morte da menina.

A Santa Casa do município divulgou uma nota lamentando a morte da criança. No texto, o hospital informa que os medicamentos utilizados são de uso rotineiro e foram administrados dentro das doses recomendadas ao quadro clínico.

Além disso, segundo a nota, o atendimento foi realizado de imediato por uma equipe composta por três médicos, conjuntamente aos enfermeiros, os quais se esforçaram ao máximo para salvar a vida da menina.