Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 31 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Polícia Civil investiga golpes de agência de turismo em Bonito, MS

O G1 entrou em contato com o administrador da Agência Ar, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

G1 MS

27 de Janeiro de 2014 - 14:53

A Polícia Civil de Bonito, cidade a 300 km de Campo Grande, investiga golpes dados pela Agência Ar, do ramo turístico. Segundo o delegado Roberto Gurgel, os prejuízos com as denúncias contra o empreendimento já somam R$ 900 mil.

O G1 entrou em contato com o administrador da Agência Ar, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Segundo informações do delegado, no dia 8 de janeiro a agência fechou as portas. Desde então, cerca de 15 turistas, de vários estados, já procuraram a Delegacia de Polícia Civil de Bonito e registraram boletim de ocorrência contra o estabelecimento.

De acordo com as ocorrências registradas, os clientes da agência contrataram estadias em hotéis, agendaram serviços de transporte e fizeram reservas em restaurantes e em atrativos turísticos da cidade. A maioria pagou, pelo menos, 30% dos valores dos pacotes antecipadamente.

“Quando os turistas se dirigiram até a agência para retirarem os voucher para os passeios, se depararam com a as portas fechadas e procuraram a polícia”, relatou o delegado ao G1.

Proprietários de hotéis, pousadas e empreendimentos da cidade também denunciaram a agência pelos crimes de estelionato e apropriação indébita. Segundo a polícia, o administrador da agência deixou de pagar fornecedores, bancos e até impostos.

Além dos clientes, cerca de dez funcionários da agência também tiveram prejuízos com o calote dado pelo administrador em relação aos pagamentos de salário, férias e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A Agência Ar atuava em Bonito há aproximadamente dez anos e era conhecida no ramo turístico.  A sede do empreendimento ficava na região central da cidade. Segundo Gurgel, o administrador vendia os serviços por meio de um  conglomerado de sete empresas. Algumas delas foram colocadas no nome de ex-mulheres dele. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Turismo

Bonito é famosa por suas águas cristalinas, grutas e por sua diversidade de fauna e flora. Em 2013, ela foi eleita como o melhor destino de turismo responsável no mundo em uma premiação internacional.