Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 20 de Julho de 2024

Sidrolandia

Polícia fecha "boca do japonês"; três são presos em Dourados

A P-2 chegou ao local depois de denúncias de que lá vinha funcionando um ponto de venda de entorpecente

Sidnei Bronka/Região News

22 de Julho de 2010 - 06:50

Policiais militares do Serviço Reservado (P-2) desarticularam uma boca de pó, em Dourados, que seria comandada por um ex-presidiário com a ajuda de duas mulheres. A P-2 chegou ao local depois de denúncias de que lá vinha funcionando um ponto de venda de entorpecente.

Saindo da casa, na Rua Araguaia, no Jardim Rigotti, periferia de Dourados, a PM flagrou um adolescente de 15 anos com droga. No local, os policiais da P-2 apreenderam dez papelotes de cocaína. De acordo com o delegado Benjamin Lax, foram presos o dono da casa, Luis da Silva Irakawashi Júnior, de 32 anos, também conhecido como "Japones"; a mulher dele, Juliane Viegas Almeida, de 20 anos, e uma funcionária, Maria Helena Dias Ribeiro, de 40 anos.

Os três foram autuados em flagrante acusados de tráfico de drogas, associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo. De acordo com a Polícia Civil, Luis - o Japonês - nega que seja dono da droga. Ele assumiu o porte de arma. No entanto, a mulher e a funcionária dele afirmam que a droga seria dele mesmo. Segundo a polícia, o Japonês já tinha sido preso por assalto, homicídio, porte de arma e tráfico de armas.