Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Terça, 26 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Polícia Militar de Naviraí realiza palestra e orienta menores que são flagrados dirigindo

O adolescente sendo pego dirigindo sem CNH pode cumprir medidas protetivas até os 21 anos de idade e, dependendo da gravidade da infração

Assessoria

06 de Agosto de 2013 - 14:52

No inicio do mês Policiais Militares do Grupamento de Trânsito de Naviraí e educadores Leandro Filot e Elaine Gimene do Núcleo Municipal de Trânsito, ministraram palestras a adolescentes infratores.

Os adolescentes infratores foram flagrados conduzindo veículos sem habilitação através de ações comunitárias de trânsito da Polícia Militar de Naviraí e a Justiça determinou a realização desse trabalho de conscientização dos adolescentes.

Segundo o 2°Tenente Ferreira comandante do GPM de Trânsito “A atividade realizada é essencial, para os adolescentes e até mesmo aos pais que permitem ou facilitam que seus filhos usem o carro, mesmo sem habilitação. Dirigir não é um direito, é uma concessão e exige responsabilidade e respeito às leis de trânsito, disse ainda que a palestra os jovens nessa faixa etária não têm maturidade suficiente para assumir a responsabilidade de um possível acidente de trânsito. Nessa fase eles querem e acham que podem viver perigosamente, mas esquecem que não têm experiência e que outras vidas também podem estar em jogo”.

Conforme o Art. 309. do CTB. Dirigir Veículo automotor, em via pública, sem a devida Permissão para Dirigir ou Habilitação ou, ainda, se cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano: Penas detenção, seis meses a um ano, ou multa. O adolescente sendo pego dirigindo sem CNH pode cumprir medidas protetivas até os 21 anos de idade e, dependendo da gravidade da infração, a determinação pode ser mais severa, como exemplo de envolvimento em acidentes com vítimas.

O conteúdo programático da palestra incluiu vídeos, debates e troca de experiências sobre as consequências legais, financeiras, físicas, psíquicas dos acidentes, orientações de trânsito e segurança nas vias, trabalhando assim a conscientização dos jovens de que os riscos são muitos e não valem à pena.