Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Prefeito de Aquidauana anuncia decretação de estado de emergência

Hoje, a ponte sobre o rio Aquidauana, na região de Piraputanga, na divisa com o município de Dois Irmãos do Buriti, foi levada pelas águas

Aquidauana News

07 de Março de 2011 - 16:23

O prefeito de Aquidauana, Fauzi Suleiman (PMDB), anunciou nesta tarde a decretação de estado de emergência na cidade, que está ilhada por causa das enchentes.

A cidade tem pessoas 244 abrigadas pela prefeitura em escolas e ginásios não há previsão de quando as duas pontes sobre o rio Aquidauana, a nova e a velha, serão liberadas para o tráfego. O rio está com mais de 10 metros de altura, 7 metros acima do normal.

Hoje, a ponte sobre o rio Aquidauana, na região de Piraputanga, na divisa com o município de Dois Irmãos do Buriti, foi levada pelas águas.

O prefeito, ao anunciar a decretação de estado de emergência, reclamou da demora do governo federal para verbas para atender as pessoas prejudicadas pela chuva na cidade.

Segundo ele, ena enchnte passada, a Prefeitura, com apoio do governo do Estado tomou s providências para que recursos pudessem ser alocados, mas só recebeu R$ 1,9 milhão dos R$ 3,4 milhões reivindicados.

Conforme o prefeito, os recursos foram investidos na recuperação de diversas pontes e na construção de uma ponte de concreto no prolongamento da Rua Sete de Setembro, obra em execução. “Em torno de 44 famílias já poderiam ter deixado a área ribeirinha se tivesse sido liberado o recurso para a construção de casas”, afirma. O contrato para a construção e moradias foi assinado só na semana passada.

Suleiman também culpa administrações passadas, que, segundo ele, permitiram a ocupação irregular da região ribeirinha sem que providências fossem tomadas.