Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 3 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Prefeito solicita a Fundação de Turismo de MS melhorias para Sidrolândia

O prefeito apresentou sugestões que visam melhorias no turismo e na economia de Sidrolândia e região.

Assessoria de comunicação

02 de Março de 2011 - 14:56

Prefeito solicita a Fundação de Turismo de MS melhorias para Sidrolândia
Prefeito solicita a Diretora da Funda - Foto: Assessoria de Comunica

Aproveitando a vinda da Diretora Presidente da Fundação de Turismo do Mato Grosso do Sul, Nilde Brum à Sidrolândia, onde apresentou o projeto ‘Parada Legal’ para o município, o Prefeito Daltro Fiuza fez algumas solicitações que fazem parte do projeto para facilitar e desenvolver a economia e o turismo.

Fiuza apresentou, primeiramente, o projeto de urbanização e revitalização da Avenida Dorvalino dos Santos, que corta a cidade e tem um grande fluxo de transeuntes. “Pretendemos deixar nossa avenida mais bonita e padronizada para melhorar a qualidade de vida de nossos moradores e  agradar aos que passam por aqui, motivá-los a parar e conhecer Sidrolândia”, disse o prefeito Daltro Fiuza.

Posteriormente foi apresentada a solicitação de uma reunião entre representantes do Departamento de Turismo e do DNIT para serem discutidas possíveis mudanças na sinalização da rodovia MS 060, a/> fim de facilitar o fluxo. “Precisamos de uma faixa de recuo em determinados pontos para que o trânsito seja feito de maneira mais segura e tranqüila. Verificamos que a pista, por ser larga, tem condições de oferecer essa facilidade em determinados trechos de maior tráfego”, acrescentou o prefeito.

“São solicitações absolutamente pertinentes e mostram o comprometimento do poder público municipal não só com o turismo ou com o conforto da população e dos visitantes que por aqui passam, mas também com a qualidade do escoamento da produção do município, que move sua economia, e com a segurança das estradas”, disse Nilde, afirmando que fará o possível para que essas reivindicações sejam acolhidas pelas autoridades competentes e viabilizadas o quanto antes.