Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Prefeitura poderá perder área do parque ecológico, Vale do Vacaria

A área poderá retornar aos seus doadores se caso as obras do parque não forem concluídas até meados deste ano

Marcos Tomé/Região News

20 de Fevereiro de 2011 - 22:46

Prefeitura poderá perder área do parque ecológico, Vale do Vacaria
Prefeitura poder - Foto: Marcos Tom

A Prefeitura Municipal de Sidrolândia poderá perder área do Parque do Vacaria por não cumprir a obrigação de fazer contido na escritura pública assinada em 2008. Itamar Ferrucio Borges ao implantar o empreendimento imobiliário denominado “Parque das Orquídeas” doou ao município a área de 72.974,56 m² avaliada na época em 1 milhão de reais.

Em contrapartida a municipalidade ficou na obrigação de transformar o local em um parque ambiental dotado de total infraestrutura para proporcionar a população sidrolandense o acesso ao lazer, entretenimento, prática esportiva, recreação, cultura e outros benefícios de inclusão.

O empresário imobiliário, Clédio Santiani, da Santiani Imóveis que foi responsável pela comercialização dos lotes do referido loteamento, informou que inicialmente em contato com o então proprietário da área na época, discutiu-se o planejamento do loteamento bem como a implantação do parque.

“Com a visão de expandir o seguimento imobiliário e oferecer a população um local apropriado ao lazer é que foi doada ao município tal área, porém, com uma ressalva, a de que a prefeitura teria um prazo de 3 anos para dotar e entregar o local a população sidrolandense”, confirma Clédio.

Foto: Marcos Tomé/Região News

Waldemar Acosta em obras do parque

Obras estão sendo executadas com maquinários da prefeitura

Santiani relatou ainda que a área poderá retornar aos seus doadores se caso as obras do parque não forem concluídas até meados deste ano. Sr. Itamar Ferrucio (doador) encaminhou notificação extrajudicial ao Pode Executivo com cópias ao Ministério Público Estadual informando o caso.

Preocupado com a situação de risco o vereador Waldemar Acosta (PDT) esteve no local averiguando o andamento das obras no parque.

OBRAS

A reportagem do Jornal Eletrônico Região News acompanhou os moradores dos Bairros: Jardim das Paineiras e Sol Nascente, (vizinhos do parque) durante visita as obras na última quarta-feira (16). A vizinhança reclama da demora e má qualidade nos serviços prestados pela empreiteira contratada pela prefeitura.

Foto: Marcos Tomé/Região News

Moradores

Moradores do Sol Nascente e JD Paineiras em visita as obras do parque

Atualmente estão sendo executados serviços de terraplanagem para pavimentação da pista de caminhada, implantação de 30 manilhas de 1,5 metros cada para drenagem e a construção de um espelho d’água de 200 metros de comprimento por 60 metros de largura. As obras estão sendo executadas com maquinários da prefeitura sob a responsabilidade de Jânio Resende de Campo Grande, encarregado pela da obra.

Solucon Construção e Comércio Ltda – ME, foi à empresa contratada para efetuar as obras no Parque do Vacaria. Final do ano passado o prefeito Daltro Fiuza (PMDB) prorrogou seu contrato de número 174/2010 para atender as necessidades das obras do parque.

A empresa manteve em vigência seu respectivo contrato até dia 04 de fevereiro deste ano (2011). O termo aditivo foi assinado por Fiúza e Tânia Marina Vasconcellos Serrilho, publicado no Diário Oficial do dia 20 de dezembro de 2010.

A assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal emitiu nota a imprensa afirmando que o Parque Ecológico “Vale do Vacaria” será entregue até o mês de agosto a população.