Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 2 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Prefeitura recebe carreta com roupas e brinquedos apreendidos pela Receita Federal

A Receita acabou liberando R$ 12.776.89, sendo 36 quilos de roupas (avaliadas em R$ 1.317,96) e 313 quilos de brinquedos, no valor de R$ 11.458,93.

Flávio Paes/Região News

29 de Agosto de 2013 - 16:37

Foto: Marcos Tomé/Região News

Prefeitura recebe carreta com roupas e brinquedos apreendidos pela Receita Federal

Carreta sendo descarregada na Casa da Cultura

A Prefeitura de Sidrolândia recebeu nesta quinta-feira uma carreta com 349 quilos de produtos (entre brinquedos e roupas) que foram apreendidos pela Receita Federal na região de fronteira com o Paraguai quando eram trazidos de forma irregular para o Brasil. O material foi descarregado na Casa da Cultura e depois de separado e embalado, será destinado a famílias carentes, além de beneficiar crianças dos centros de educação infantil.

O projeto para assegurar a doação do material foi formulado pelo coordenador da Fundação de Cultura Adilson Brito Vicente que solicitou à Inspetoria da Receita Federal em Ponta Porã, R$ 151.337,23 em produtos. A Receita acabou liberando R$ 12.776.89, sendo 36 quilos de roupas (avaliadas em R$ 1.317,96) e 313 quilos de brinquedos, no valor de R$ 11.458,93.

Adilson afirma que o material veio me boa hora tendo em vista a necessidade das unidades infantis do município. “Os brinquedos serão selecionados por faixa-etária de idade. Assim que concluída esta etapa encaminharemos as creches, APAE e entidades que trabalham com a educação infantil”, ressalta.

O mesmo critério será adotado na distribuição dos 36 quilos de vestuário que terá destinação as famílias carentes da cidade. “Espero que entre os produtos haja roupas de frio. Isso vai ajudar muito neste momento de clima ameno”, comenta. Para a auxiliar de coordenaria, Carolina Terra, responsável por desenvolver a proposta a Receita Federal, todas as pastas da administração pública deveriam formatar projeto semelhante e buscar junto a entidade tais benefícios.

“Diante a crise financeira, onde não se tem dinheiro para executar tarefas básicas, vejo que é de suma importância buscar parceiras. A Receita Federal é sem duvida uma grande válvula de escape, não só no quesito que hora estamos sendo contemplado, mas para outros fins como veículos, ônibus, material de informática, eletrônicos”, argumenta.

Órgãos Públicos

Órgãos da administração pública direta ou indireta do nível federal, estadual ou municipal com personalidade jurídica de direito público podem receber mercadorias apreendidas pela Receita Federal.