Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 20 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Preocupação climática provoca forte alta da soja em Chicago

Paralelamente, também existem informações de um volume de precipitações acima do normal nas regiões produtoras da Argentina.

Agrodebate

19 de Fevereiro de 2014 - 16:00

A preocupação com as condições climáticas nos principais polos de produção de soja no Brasil provocou uma alta elevação dos preços da oleaginosa no pregão desta terça-feira (19) do mercado futuro da bolsa de Chicago, nos Estados Unidos.

Segundo o boletim Sojanews, da consultoria Agrinvestor Intelligence, a alta variou de 23 pontos nos contratos para março, que foram negociados a US$ 13,61 o bushel, a 22 pontos, nos de julho, que foram fechados a US$ 13,30 o bushel.

A consultoria aponta que o mercado foi influenciado pela percepção de que as chuvas no Brasil não foram suficientes para normalizar a situação da safra no sul e sudeste do país, ao que se juntaram ainda as preocupações com o excesso de chuvas em Mato Grosso. Paralelamente, também existem informações de um volume de precipitações acima do normal nas regiões produtoras da Argentina.

A Agrinvestor Intelligence ressalta que o mercado projeta que a produção da América do Sul pode mostrar um recuo expressivo em relação as previsões iniciais. Além disso, a demanda de exportações nos Estados Unidos continua aquecida. Esse conjunto de fatores altistas acabou neutralizando um outro dado que seria negativo: uma queda na moagem interna norte-americana em janeiro.