Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quinta, 29 de Outubro de 2020

Sidrolandia

Presos ficam em espaço que parece jaula em cidade de MS, diz sindicato

Declarou também que após os procedimentos, é comunicado o Poder Judiciário, responsável por autorizar o encaminhamento do detento para um presídio.

G1 MS

15 de Julho de 2014 - 11:00

Presos que são levados para a delegacia de Polícia Civil de São Gabriel do Oeste, distante 140 quilômetros de Campo Grande, ficam em um espaço semelhante a uma jaula. A denúncia é do Sindicato dos Policiais Civis de Mato Grosso do Sul (Sinpol/MS), que esteve no local na segunda-feira (14).

Ao G1, o delegado Fernando Villa de Paula, do Departamento de Polícia do Interior, explicou que o "ambiente de contenção" é destinado para permanência de presos enquanto é feito o flagrante ou cumprido o mandado de prisão. Declarou também que após os procedimentos, é comunicado o Poder Judiciário, responsável por autorizar o encaminhamento do detento para um presídio.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) informou que o encaminhamento para presídios depende de vagas nas unidades de segurança. Até a publicação desta reportagem, a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) não se pronunciou.

Conforme o presidente do Sinpol/MS, Alexandre Barbosa, o espaço cercado de grades e trancado com cadeado fica em uma varanda nos fundos da delegacia de polícia e não há banheiro disponível. "Se eles querem urinar, tem que fazer em garrafa. Há mau cheiro e como não tem banheiro, ficam [ os presos] sem tomar banho", diz.

Barbosa lembra ainda que falta efetivo policial. "Não tem como um policial tirar o preso para levá-lo ao banheiro. É arriscado para ele e para fuga". No momento da vistoria do Sinpol na delegacia, havia cinco presos no local, sendo dois por homicídio, um por tráfico de drogas e dois por furto.

Sobre o número insuficiente de policiais na delegacia, o delegado fala que a situação será resolvida com nomeação de novos profissionais aprovados em concurso público. "Já saiu nomeação e vai sair a lotação".