Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sexta, 22 de Janeiro de 2021

Sidrolandia

Queda de parapente mata ex-policial civil em fazenda de Sidrolândia

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima pertencia a um clube de voo e esteve no último dia 25 na fazenda onde realizou treinamentos.

Campo Grande News

28 de Dezembro de 2012 - 11:00

O advogado e ex-policial civil Alceu de Almeida Reis Filho, de 36 anos, morreu ao cair de um parapente na tarde de ontem (27), na fazenda Estrela, que fica distante 30 quilômetros de Sidrolândia.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima pertencia a um clube de voo e esteve no último dia 25 na fazenda onde realizou treinamentos. Ontem, retornou ao local com um amigo de 40 anos para praticar novamente.

O amigo relatou a Polícia que o advogado arrumou o equipamento e logo em seguida levantou voo. Após cerca de 20 minutos, o parapente foi atingido por uma forte rajada de vento e mudou de direção. Segundo a testemunha, a vítima perdeu o controle do equipamento que acabou caindo em uma plantação de soja.

O amigo relata que fez buscas pelo local, mas não encontrou Alceu. Ele resolveu retornou para a sede da fazenda e pedir ajuda de funcionários.

O advogado foi encontrado em meio a plantação ainda com vida. Ele ainda foi encaminhado para o hospital de Sidrolândia, mas chegou ao local morto.