Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Domingo, 17 de Outubro de 2021

Sidrolandia

Reativação do Douradão é destaque no meio esportivo

Assessoria

16 de Março de 2011 - 07:21

O esforço da Prefeitura de Dourados para reativar o estádio Frédis Saldivar, o Douradão, para receber os jogos do Campeonato Sul-Mato-Grossense, foi reconhecido por representantes do futebol estadual. Para liberação do estádio, foram feitas vistorias, elaborados laudos e executadas obras para adequar a praça esportiva aos itens exigidos pela FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Com a readequação, o estádio foi liberado parcialmente e está pronto para receber até 8.000 torcedores. Após o término das obras de readequação, o Douradão irá comportar 20 mil pessoas.

O Comando do Corpo de Bombeiros entregou para a Funced o certificado de vistoria que autoriza a reabertura do estádio. O documento é válido para todo o período do Campeonato Estadual. Três setores do Douradão estão liberados, incluindo as cadeiras e arquibancadas cobertas, vestiários e sala para a imprensa.

“Dourados é a segunda maior cidade do Estado e por cinco anos os jogos não puderam acontecer no município. Agora temos a oportunidade de levar o futebol para esta comunidade. A prova de que a população aprecia esses eventos esportivos é que no primeiro jogo após a liberação do estádio, dois mil torcedores acompanharam a disputa entre o Sete de Setembro e o Itaporã”, afirmou o vice-presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, Marcos Tavares.

Ele ressalta ainda que após a reestruturação completa do Douradão, o estádio poderá sediar jogos nacionais.

O presidente da Associação de Cronistas Esportivos de MS, Marco Antônio Silvestre, parabenizou o empenho do prefeito Murilo Zauith. “Percebemos o interesse em melhorar a estrutura do estádio. A reabertura do Douradão é uma ação significativa para o esporte estadual. Todo atleta amador sonha em um dia disputar uma partida neste estádio”, afirmou o representante dos cronistas.

O Douradão ficou interditado por um bom período para eventos esportivos por conta da falta de manutenção e da necessidade de readequação às normas de segurança exigidas pelo Corpo de Bombeiros e Polícia Militar. Depois de um esforço concentrado do Poder Público Municipal, finalmente os requisitos foram atendidos e o douradense pode novamente acompanhar e torcer pelo seu time.

Para Benjamin Barbosa, presidente do Sete de Setembro, a liberação do estádio não beneficia apenas o aspecto esportivo do município já que, segundo ele, outros eventos poderão ser organizados no Douradão.

“Agora a comunidade douradense tem mais um espaço para realizar, por exemplo, shows ou congressos religiosos. A abertura de mais uma praça de lazer beneficia o esporte regional, pois permite uma interação do time com a comunidade, já que dificilmente o torcedor vai à outra cidade acompanhar o jogo do seu time”, disse Barbosa.

O prefeito Murilo Zauith, que vistoriou os trabalhos no estádio desde o primeiro dia de sua administração, disse que a cidade merece ter esse espaço em condições de ser utilizado, não apenas para jogos, mas também para diversas outras atividades, pela quantidade de compartimentos ociosos. Por determinação do prefeito, o setor de esportes da Funced (Fundação Cultural e de Esportes de Dourados) passa a funcionar nas dependências do Douradão.

Os times que jogaram no Douradão após a readequação já perceberam a diferença. “Antes nos sentíamos desmotivados a jogar, percebíamos a falta de investimentos em toda a estrutura, o estádio parecia sem dono. Agora ele está renovado e se receber ainda mais recursos, se tornará um dos melhores estádios do Brasil”, destacou Douglas Ricardo Bráulio, técnico do Ivinhema Futebol Clube. No domingo, o time enfrentou o C.A Mundo Novo pelo Campeonato Sul-Mato-Grossense, no Douradão.

Além da revitalização interna do estádio, equipes da empresa responsável pelas obras fizeram a manutenção da área de estacionamento, com a restauração do calçamento e limpeza da parte de entrada do Douradão.