Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Quarta, 8 de Dezembro de 2021

Sidrolandia

Recadastramento biométrico ultrapassa 2,7 milhões de eleitores em todo o Brasil

De acordo com os números do TSE, dentre os 312, 53 Municípios terminaram a revisão eleitoral biométrica e 33 ainda não iniciaram os procedimentos.

Assomasul

23 de Julho de 2013 - 09:42

Mais de 2,7 milhões de eleitores brasileiros fizeram a revisão biométrica, só este ano, durante a campanha do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A coleta de digitais dos cidadãos aptos a votar foi feita, até o momento, em 312 Municípios (entre eles 10 capitais) de 23 Estados e do Distrito Federal.

O trabalho é feito pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). E, com esse resultado, a Justiça Eleitoral alcançou 19% do total de eleitores convocados. Ao todo 12,475 milhões de pessoas deverão comparecer aos pontos determinados pelos Tribunais para o recadastramento biométrico.

Em geral, a atualização biométrica é feita em cartórios eleitorais, mas alguns TREs promovem ações especiais em pontos estratégicos e eventos. Com estas ações, o TSE espera que a meta do ano que vem, de 14 a 16 milhões de votantes, seja alcançada.

Nos Municípios

De acordo com os números do TSE, dentre os 312, 53 Municípios terminaram a revisão eleitoral biométrica e 33 ainda não iniciaram os procedimentos. A previsão é de que, a partir de julho, mais 180 sejam listados para a tarefa de recadastramento.

Nas duas últimas eleições, alguns Municípios fizeram a revisão digital. Em 2010 foi 1,1 milhão de eleitores, de 60 cidades de 23 Estados. Dois anos depois, nas Eleições 2012, foram 7,7 milhões de cidadãos de 299 municípios de 24 Estados.

Por que a revisão?

O objetivo da Justiça é de que nas Eleições 2014, os eleitores possam ser identificados pelas digitais e assim evitem fraudes no dia da votação. “Essa tecnologia impede que uma pessoa se passe por outra na hora da identificação”, explica o TSE.

Antes de ser encaminhado à urna, os eleitores confirmam as informações digitais com um mesário e assim, poderá votar de maneira segura. Para a revisão, o eleitor precisa comparecer ao local indicado em cada Município, durante o período determinado. É preciso levar um documento com foto. O recadastramento é obrigatório e quem não comparecer terá o título de eleitor cancelado.