Logomarca

Um jornal a serviço do MS. Desde 2007 | Sábado, 8 de Maio de 2021

Sidrolandia

Recuperação da economia reflete aumento de confiança do empresariado sul-mato-grossense

Aliado a isso, em dezembro o Estado injetou quase R$ 1 bilhão na economia, com as folhas de pagamento de novembro, dezembro e o 13º salário.

Notícias MS

23 de Dezembro de 2016 - 09:49

A recuperação da economia em Mato Grosso do Sul tem relação direta com as ações de gestão do governador Reinaldo Azambuja. No conjunto das 27 unidades da federação, MS é o único que conseguiu atravessar o ano com pagamentos em dia. O equilíbrio fiscal possibilitou investimentos em áreas importantes e a concessão de incentivos fiscais para industrias e comércio.

Aliado a isso, em dezembro o Estado injetou quase R$ 1 bilhão na economia, com as folhas de pagamento de novembro, dezembro e o 13º salário. O resultado é o aumento da confiança do empresariado sul-mato-grossense, apontado por meio de levantamentos realizado por entidades da indústria e do comércio.

O Radar Industrial, elaborado pela Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (FIEMS) e Confederação Nacional das Indústrias (CNI), revelam que o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) alcançou 55,2 pontos em novembro e 50,6 pontos em dezembro. Apesar do pequeno recuo, o número indica que para os próximos seis meses o empresário industrial segue acreditando que ocorrerão melhoras na economia brasileira, sul-mato-grossense e no desempenho da própria empresa.

radar-fiems-confianca

O índice da intenção de investir do empresário industrial, na passagem de outubro para novembro de 2016,  comparado com o mesmo mês do ano anterior, quando o índice marcava 37,1 pontos, reforça o resultado positivo em mais de três pontos percentuais. Por outro lado, neste ano a intenção saiu de 41,3 para 40,8 pontos. 

radar-fiems-investir

Na avaliação do presidente da Fiems, Sérgio Longuen, o Governo teve papel importante no início da retomada da economia. “O apoio do setor governamental como um todo tem feito a diferença. Também o sistema industrial Fiems, Sesi, Senai e os municípios parceiros tiveram papel fundamental nessa melhoria. Apesar da crise nacional, Mato Grosso do Sul se destaca com investimentos planejados acima de R$ 40 bilhões, sendo R$ 27 bilhões desse total em andamento. Vamos seguir caminhando juntos em busca do crescimento do nosso estado”, declarou Longuen.

Comércio

Após atingir o maior nível em dois anos, o ICEC (Índice de Confiança do Empresário do Comércio), calculado pela CNC (Confederação Nacional do Comércio, de Bens, Serviços e Turismo) continua crescendo entre os empresários de Campo Grande.

Neste mês de novembro, ficou em 107,8 pontos, frente 106,2 pontos em outubro. “Um movimento que reflete alguns indícios de recuperação da economia e, por consequência, na intenção de consumo da população. Isso encoraja o empresário a investir no seu negócio”, explica o presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF), Edison Araújo.

fecomercio-indice-confianca-107

O indicador de contratações também ficou maior. Pouco mais de 60% indicam a possibilidade de aumentar o número de funcionários.